São Jorge vai ter Comissão Técnica de Acompanhamento para a Classificação do Leite na ilha (c/áudio)

Vai ser criada uma Comissão Técnica de Acompanhamento para a Classificação do Leite na ilha de São Jorge. A comissão foi solicitada já há vários meses pela Associação de Agricultores da Ilha, devido a penalizações que têm vindo a ser aplicadas aos produtores de leite da ilha.

Apenas nas ilhas de São Miguel e Terceira existem Comissões Técnicas de Acompanhamento para a Classificação do leite, sendo que em São Jorge tudo indica que está para breve também a criação de uma Comissão, tal como revelou João Sequeira, o presidente da Associação de Agricultores.

Em causa está a penalização que os produtores de São Jorge, que produzem leite em cru, sofrem caso lhes seja detetado, por exemplo água no leite. Uma penalização que é de 100 pontos, enquanto que na Terceira é de 50 e em São Miguel de 25 pontos.

João Sequeira considera que a comissão poderá ser vantajosa, mas alerta para o seu funcionamento.

Questionado sobre o facto de se as penalizações dos produtores de leite de São Jorge baixarem dos 100 pontos se o leite poderá perder alguma qualidade, por consequência de um nível de exigência mais baixo, João Sequeira acredita que não será o caso, mas também considera que é prematuro falar sobe o assunto.

Este assunto foi levado recentemente ao parlamento açoriano pela deputada do CDS-PP eleita por São Jorge, Catarina cabeceiras, que acusou o Governo Regional de estar a discriminar os produtores de leite jorgenses por não criar as Comissões Técnicas tal como fez em São Miguel e na Terceira. Ora as acusações mereceram resposta por parte do deputado socialista também eleito por São Jorge, André Rodrigues, que disse que não competia ao Governo criar essas comissões, mas sim às Associações Agrícolas.

Facto é que a Associação de Agricultores de São Jorge já há vários meses que solicitou a criação da Comissão Técnica de Acompanhamento da Classificação do Leite, um processo que está agora em andamento.

Liliana Andrade/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

Deixe uma resposta