Home / Açores / Saúde com reforço de 8 ME num Plano de Investimentos que dá prioridade à acessibilidade dos Açorianos ao Serviço Regional de Saúde
Saúde com reforço de 8 ME num Plano de Investimentos que dá prioridade à acessibilidade dos Açorianos ao Serviço Regional de Saúde

Saúde com reforço de 8 ME num Plano de Investimentos que dá prioridade à acessibilidade dos Açorianos ao Serviço Regional de Saúde

O Secretário Regional da Saúde destacou, na Horta, um reforço substancial na dotação de verbas atribuídas a este setor, com mais oito milhões de euros no Plano de Investimentos para o próximo ano, que representa um aumento de 30% em relação a 2018.

Rui Luís, que falava quarta-feira na Assembleia Legislativa, no âmbito das audições sobre as propostas de Plano e Orçamento para 2019, adiantou que parte destas verbas serão destinadas à aposta na acessibilidade dos Açorianos ao Serviço Regional de Saúde.

“A nova regulamentação de deslocações imprime uma nova dinâmica, não só à deslocação de especialistas às ilhas sem hospital, mas também à deslocação dos doentes às ilhas com hospital e, portanto, há aqui um forte reforço desta área para que a acessibilidade não seja um problema para os Açorianos”, frisou.

No que concerne ao investimento em infraestruturas, Rui Luis destacou os investimentos previstos para 2019, apontando a construção do novo Centro de Saúde na ilha do Faial e a segunda fase do Corpo C do Hospital da Horta, bem como a remodelação dos centros de Saúde das Velas, de Santa Cruz das Flores e das Lajes do Pico, mas também a remodelação do Serviço de Urgência e da Consulta Externa do Hospital do Divino Espírito Santo, “que esperemos que comece no ano de 2019”.

Em declarações aos jornalistas, Rui Luís revelou que a redução do tempo de espera dos utentes nas listas de espera em cirurgia mantém-se estratégica no próximo ano, com “o investimento necessário para o programa Cirurge, que, aliado à produção acrescida e à produção normal nos hospitais, contribuirá para diminuir o tempo de espera dos Açorianos”.

Na vertente da Proteção Civil, o Plano para 2019 prevê um reforço de dois milhões de euros, cuja prioridade será dada a obras nos quartéis de bombeiros e à aquisição de 22 ambulâncias de socorro para as corporações.

“Destaco o início das obras do novo Quartel de Bombeiros do Faial e também o Quartel da Povoação, na ilha de São Miguel, e o forte investimento ao nível dos equipamentos, nomeadamente em ambulâncias de socorro”, frisou.

Ao nível de equipamentos para as corporações de bombeiros, o Secretário Regional reiterou a importância de investimentos já anunciados em equipamento de proteção individual, mas também em equipamentos de busca e resgate em estruturas colapsadas, tendo em conta a realidade arquipelágica.

A proposta de Plano para 2019, contempla para a área da Saúde e da Proteção Civil um total de 45 milhões de euros, valor superior em 10,6 milhões de euros relativamente a 2018.

 

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top