Home / Açores / Secretário Regional da Educação e Cultura reafirma necessidade de uma parceria entre a escola e as famílias
Secretário Regional da Educação e Cultura reafirma necessidade de uma parceria entre a escola e as famílias

Secretário Regional da Educação e Cultura reafirma necessidade de uma parceria entre a escola e as famílias

O Secretário Regional da Educação e Cultura reafirmou hoje, em Ponta Delgada, que “urge a organização e, sobretudo, a consolidação” de uma parceria entre a escola e as famílias.

A escola, na comparação com o papel das famílias, exerce “somente uma ação que é complementar”, salientou Avelino Meneses, que falava na sessão de abertura da oficina de formação ‘Novas Estratégias para a Aprendizagem da Matemática’, a decorrer na Universidade dos Açores.

“A efetivação dessa parceria é essencial, porque está comprovado que, quanto mais estreito for o relacionamento entre a escola e a família, maior será também o sucesso escolar das criança e dos jovens e isso é o nosso objetivo principal”, frisou.

Para Avelino Meneses, no presente, há tarefas ao nível da educação que as famílias “não conseguem cumprir”, isto apesar dos pais possuírem “sempre um papel insubstituível  na educação dos seus filhos, embora talvez passível de substituição hoje por uma maior disponibilidade dos avós”.

Na sua intervenção, o Secretário Regional salientou que foi pelo “convencimento” de que “o futuro está na educação” que o Governo dos Açores construiu o ‘ProSucesso – Açores pela Educação’, programa de promoção do sucesso escolar, que “pretende o atempado cumprimento de metas da chamada Estratégia 2020”, que obrigam à erradicação do abandono escolar precoce e à contenção do insucesso escolar.

No centro desta estratégia, frisou Avelino Meneses, estão os estudantes, já que “eles são inequivocamente a razão e ser de todo o resto”, salientando, no entanto, que nesta tarefa “colossal, que é também em continuidade, ninguém pode fazer tudo sozinho”.

Por isso, salientou o titular da pasta da Educação, para que este programa tenha sucesso é necessário “fundamentalmente consenso” e “encontrar parceiros” e, entre eles, encontram-se “os professores e uma comunidade vasta constituída pelos pais e pelos cidadãos”.

Avelino Meneses recordou que, nos Açores, o poder político já efetuou diversas alterações que acabam “com a injusta responsabilização dos professores por todos os fracassos do sistema educativo, como, por exemplo, pelo insucesso escolar” e conferiu “uma maior confiança, mais estabilidade no exercício da profissão”, porque os docentes, “não sendo os únicos são, pelo menos, os melhores parceiros do Governo no combate ao insucesso”.

O Secretário Regional realçou, por outro lado, o interesse desta ação de formação que decorre na ilha de S. Miguel, tanto mais que “hoje, por razões que vale a pena descobrir, o ensino da matemática enfrenta dificuldades que urge ultrapassar”, para benefício “do aproveitamento escolar dos estudantes, do avanço da Região e do próprio país”.

GaCS/RL Açores

 

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top