Home / Açores / Sem dinheiro e sem mantimentos, oito tripulantes do Chem Daisy impedidos de sair do Faial
Sem dinheiro e sem mantimentos, oito tripulantes do Chem Daisy impedidos de sair do Faial

Sem dinheiro e sem mantimentos, oito tripulantes do Chem Daisy impedidos de sair do Faial

Desde o dia 23 de maio que o navio Chem Daisy, com bandeira de Malta, está detido no Porto da Horta.

De acordo com notícia avançada pelo jornal Tribuna das Ilhas, a bordo estão oito tripulantes que há três meses não recebem ordenado, que os serviços de emigração não deixam sair da ilha e que estão a ficar sem provisões.

Huseyin Emekli falou ao jornal faialense sobre as condições em que estes oito tripulantes turcos vivem, sobretudo depois do capitão do navio se ter ido embora.

Há cinco anos que este navio trabalha no mar dos Açores para a Transinsular no transporte de combustível interilhas. A bordo estão várias toneladas de combustível que deveria ter sido descarregado na ilha das Flores mas que, numa tentativa de reivindicação dos salários em atraso, os marinheiros se recusam a descarregar enquanto não houver novidades sobre os pagamentos.

De acordo com informação divulgada pela rádio pública no início de junho, o navio foi impedido de navegar por não cumprir as exigências para as quais tinha sido certificado, isto segundo informações da Capitania do Porto da Horta.

Em causa estava também uma avaria no sistema propulsor, que dificulta as manobras de atracagem.

Recorde-se que já devido a esta situação no mês passado a ilha de São Jorge esteve na iminência de uma rutura de gasóleo, tendo o problema sido solucionado com recurso a um rebocador que transportou o combustível para a ilha.

Tribuna das Ilhas/RL Açores

Fotografia: ©Tribuna das Ilhas

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top