Home / Açores / Sessões informativas sobre controlo integrado de roedores decorrem este mês no Faial, Graciosa, Pico e Terceira e chegam a São Jorge no próximo mês
Sessões informativas sobre controlo integrado de roedores decorrem este mês no Faial, Graciosa, Pico e Terceira e chegam a São Jorge no próximo mês

Sessões informativas sobre controlo integrado de roedores decorrem este mês no Faial, Graciosa, Pico e Terceira e chegam a São Jorge no próximo mês

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direção Regional da Agricultura e em articulação com as câmaras municipais, promove durante o mês de abril a realização de sessões informativas sobre controlo integrado de roedores nas ilhas do Faial, Graciosa, Pico e Terceira.

Estas sessões informativas gratuitas, que começaram em São Miguel e são agora estendidas a mais quatro ilhas, destinam-se à população em geral, mas também aos funcionários das câmaras municipais e das juntas de freguesia.

No Faial vão decorrer três encontros, entre 10 e 11 de abril, seguindo-se, a 12 de abril, a ilha Graciosa.

Para o Pico, entre 19 e 20 de abril, estão previstas três sessões informativas, uma por cada concelho da ilha, a que se seguirá a ilha Terceira, com sessões em Angra do Heroísmo, a 26 de abril, e na Praia da Vitória, no dia seguinte.

No mês de maio terão lugar sessões informativas nas ilhas de Santa Maria, São Jorge e Flores.

Estas sessões, com uma duração aproximada de duas horas, estão a cargo de Sofia Borrego e Alexandra Cardoso, técnicas da Direção Regional da Agricultura.

Pretende-se com esta iniciativa explicar conceitos, a razão pela qual é importante controlar as espécies de roedores e como se deve atuar perante a presença destes animais.

Para o controlo efetivo e duradouro dos roedores é necessária a aplicação de um conjunto de medidas direcionadas não só à praga, mas também ao meio ambiente, o que implica uma atuação concertada entre o Governo Regional, as autarquias e a população em geral.

O Diretor Regional da Agricultura, José Élio Ventura, adiantou que, além das sessões informativas, está em fase de conclusão um manual de boas-práticas de controlo de roedores mais abrangente do que o anterior, ou seja, que inclui a componente agrícola, mas também industrial e habitacional.

José Élio Ventura destacou ainda que o Governo Regional adquiriu cerca de 66 toneladas de rodenticida, que já começaram a ser distribuídos pelas juntas de freguesia de várias ilhas do arquipélago.

O Diretor Regional explica que nas “Nas restantes ilhas o processo também está a decorrer, sendo certo que não há um modelo único, uma vez que o processo Tem muito a ver com a dimensão da ilha, com as dinâmicas que se conseguem imprimir, tal como afirmou.

Recorde-se que em São Jorge já foi levada a cabo este ano, no mês de janeiro, uma campanha de desratização em toda a ilha, numa parceira entre o Governo Regional, as duas Câmara Municipais e as juntas de freguesia. A primeira aplicação do rodenticida foi feita entre 15 e 17 de janeiro. Já a segunda decorreu nos dias 29 e 30 de janeiro.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top