Ultimas
Home / Destaque / Sistema point-of-care implementado em São Jorge entre a meia-noite e as oito da manhã
Sistema point-of-care implementado em São Jorge entre a meia-noite e as oito da manhã

Sistema point-of-care implementado em São Jorge entre a meia-noite e as oito da manhã

O sistema point-of-care vai mesmo ser implementado na Unidade de Saúde de São Jorge no horário entre a meia- noite e as 8h. Esta foi uma decisão confirmada por César Gonçalves, médico e membro da administração da unidade de saúde de ilha e que foi tomada na reunião da passada semana entre os médicos de São Jorge e o Secretário Regional da saúde.

Em declarações à RL Açores, César Gonçalves, afirmou que “a reunião foi muito proveitosa”, tendo sido debatidos vários temas e tendo ficado então decidido que o point of care irá mesmo funcionar em ambos os centros de saúde “só entre a meia-noite e as 8 da manhã”, sendo que a ideia inicial era entre as 16h e as 8h.

“De resto, os centros de saúde terão o apoio do laboratório”, frisou César Gonçalves, acrescentando que “apesar de não ser o ideal”, pois o melhor era ter o laboratório a funcionar 24horas, “foi uma decisão consensual”.

No que respeita a um maior número de evacuações devido à utilização do point-of-care sem o apoio do laboratório, que foi uma das dúvidas levantadas desde o início da discussão deste assunto por parte de muitas pessoas, César Gonçalves salientou que tínhamos de ser realistas uma vez que a afluência às urgências não é assim tão grande neste horário e que em caso de situações graves ou acidentes não é necessário um grande número de análises para se proceder a uma evacuação.

O médico referiu também que inicialmente as divergências eram muitas, uma vez que todos os médicos defendiam que o laboratório de análises clínicas deveria funcionar 24horas, mas “por fim, atendendo que durante a noite o acesso não é muito, acabou por se chegar a um consenso entre todos”, aceitando o horário então estabelecido, pois “do mal o menor seria a situação mais plausível de momento”, como referiu César Gonçalves.

César Gonçalves acrescentou ainda que Luís Cabral se mostrou acessível nesta reunião, dizendo que não queria impor nada, chegando-se assim a um consenso.

O médico da Unidade de Saúde de Ilha salientou também que “o point-of-care só entrará em funcionamento entre a meia noite e as 8 da manhã sem o apoio do laboratório quando receberem na ilha um equipamento capaz de fazer um hemograma completo”.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top