Home / Politica / Sofia Ribeiro vê aprovado em plenário Procedimento por Desequilíbrios Sociais
Sofia Ribeiro vê aprovado em plenário Procedimento por Desequilíbrios Sociais

Sofia Ribeiro vê aprovado em plenário Procedimento por Desequilíbrios Sociais

A Eurodeputada Sofia Ribeiro viu, esta quarta-feira, aprovado em sessão plenária, em Estrasburgo, o relatório sobre “o Semestre Europeu para a coordenação das políticas económicas: aplicação das prioridades para 2016”, no qual foi a relatora do Parlamento Europeu no que respeita aos aspetos sociais e do emprego.

No debate que antecedeu a votação, Sofia Ribeiro interveio relembrando a sucessiva defesa do primado social pelo Parlamento Europeu no processo do Semestre Europeu – “o processo de coordenação das políticas orçamentais e económicas da União deve colocar a economia ao serviço dos cidadãos” – e a ousadia de colocar ao mesmo nível os indicadores sociais e os indicadores económicos: “fomos ainda mais longe, defendendo que estes indicadores estejam em pé de igualdade com os indicadores económicos existentes, garantindo que os desequilíbrios internos sejam melhor avaliados e aumentando a eficácia das reformas estruturais.”

Para a Eurodeputada este processo “deve visar a criação de emprego e a prosperidade das populações, norteando-se pela necessária responsabilidade orçamental que garanta a sustentabilidade da Europa Social, não colocando em risco as gerações mais jovens, num processo de boa governação económica orientada para o crescimento”. Afirmando mesmo ser “incompatível com a aplicação de sanções a Portugal e a Espanha, que põe em causa a sua capacidade de investimento.”

A votação confirmou as declarações de Sofia Ribeiro, “estando uma larga maioria parlamentar de acordo com uma União socialmente mais justa, tendo sido aprovadas propostas minhas como o desenho e criação de um procedimento por desequilíbrios sociais, semelhante ao procedimento por desequilíbrios orçamentais e até mesmo saído reforçada a posição contra sanções e corte de fundos a Portugal e Espanha. A minha posição é muito simples: se defendemos que a economia deve estar ao serviço dos cidadãos, então não faz sentido que a evolução dos indicadores económicos não seja acompanhada de uma evolução dos indicadores sociais, garantindo que, se temos melhores desempenhos económicos, estamos efetivamente a criar melhor emprego”.

Note-se que a deputada social-democrata foi novamente nomeada relatora do Partido Popular Europeu, maior grupo político do Parlamento Europeu, do documento que espelhará a primeira posição do Parlamento relativamente ao Semestre Europeu de 2017, concluindo estar “muito satisfeita, pois pelo terceiro ano consecutivo recebo este voto de confiança do meu Grupo, que considero ser resultado do trabalho e empenho que tenho colocado nestas matérias, com resultados quanto aos consensos interpartidários que se têm gerado.”

GI Eurodeputada Sofia Ribeiro/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top