Home / Açores / Subida do ‘rating’ dos Açores é uma boa notícia para a Região, afirma Sérgio Ávila
Subida do ‘rating’ dos Açores é uma boa notícia para a Região, afirma Sérgio Ávila

Subida do ‘rating’ dos Açores é uma boa notícia para a Região, afirma Sérgio Ávila

O Vice-Presidente do Governo dos Açores considerou hoje “uma boa notícia” a subida do ‘rating’ da Região, anunciada terça-feira à noite pela Moody´s.

Segundo esta agência de notação, os Açores passaram de B1 para Ba3, o que, para Sérgio Ávila, constitui um facto “particularmente relevante, porque permite facilitar e incentivar os investidores financeiros internacionais a disponibilizarem os seus recursos para a Região”.

Para o Vice-Presidente, a nova notação vai permitir também não só “baixar as taxas de juro”, como “um maior acesso ao crédito por parte das empresas açorianas”.

“É, pois, uma boa notícia para a Região, particularmente porque a Moody´s faz também uma avaliação positiva, que nos deixa muito satisfeitos pela apreciação que faz da evolução financeira dos Açores”, afirmou Sérgio Ávila.

O Vice-Presidente do Governo sublinhou que a Moody´s “reconhece que a Região teve uma evolução orçamental extremamente positiva e tem um nível de dívida que, comparativamente com outras regiões, é substancialmente mais baixo, o que reforça a sua credibilidade junto dos investidores financeiros internacionais”.

No mesmo comunicado em que anunciava a subida do ‘rating’ dos Açores, a agência de notação informava que irá, possivelmente, proceder a nova subida dentro de três meses, intenção que, para Sérgio Ávila, é outro indicador muito positivo.

Para o Vice-Presidente, isso irá progressivamente possibilitar “maior facilitação de acesso ao crédito e a preços mais baixos, com menores taxas de juro”.

“Estas classificações permitem também que os bancos possam aceder a financiamentos com menor custo e de forma mais fácil e, evidentemente, isso terá de se repercutir na facilidade e na redução dos custos de acesso ao crédito por parte das empresas, que é, na minha opinião, o problema estrutural mais importante que a região enfrenta”, frisou Sérgio Ávila.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top