Telemedicina reforça acesso dos Açorianos aos cuidados de saúde, afirma Vasco Cordeiro

O Presidente do Governo assistiu hoje, no Centro de Saúde das Velas, à primeira consulta de Dermatologia através de telemedicina em tempo real, que constitui um dos 14 projetos de telemedicina que estão a ser implementados para reforçar o acesso dos Açorianos aos cuidados de saúde.

“Este exemplo que acabamos de ver ilustra bem a facilidade, a comodidade e a rapidez com que é possível aceder a determinado tipo de cuidados médicos, dispensando deslocações para fora da ilha”, afirmou Vasco Cordeiro, em declarações aos jornalistas no início da visita estatutária à ilha de São Jorge.

O Presidente do Governo salientou que a telemedicina não substitui todas as necessidades, mas constitui um “precioso contributo para melhorar as condições em que os Açorianos têm acesso aos cuidados de saúde”.

“Esse é o objetivo último desta decisão do Governo dos Açores”, garantiu Vasco Cordeiro, ao adiantar que os 14 projetos estão em fase de implementação, sendo intenção do Executivo que fiquem todos concretizados até ao final da atual legislatura.

O Presidente do Governo afirmou ainda que a telemedicina não dispensa a deslocação de especialistas, mas assegura uma maior eficácia e aproveitamento destas deslocações.

Além da dermatologia, os projetos de telemedicina abrangem aconselhamento em emergência médica e evacuações aéreas, obstetrícia, genética médica, cardiologia pediátrica, consultas de neurocirurgia, reumatologia e de endocrinologia, entre outras áreas.

A telemedicina permite a observação, diagnóstico, tratamento e monitorização do utente o mais próximo possível da sua área de residência, garantindo, por essa via, o aumento da acessibilidade dos Açorianos aos cuidados de saúde.

Trata-se de um projeto de importância acrescida num território descontínuo como os Açores, por permitir a otimização dos recursos, evitando deslocações por parte dos doentes com mais-valias para todos.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta