“Temos para 2014 um orçamento realista”, afirmou Luís Silveira (c/audio)

O presidente do Município das Velas, Luís Silveira, afirmou que o orçamento do concelho para 2014, que já foi aprovado em reunião de câmara e aguarda aprovação da assembleia municipal, é um “orçamento realista”.

Apesar de realista, é também “neste tempo de contenção um orçamento que nos deixa aqui alguma expetativa e alguma esperança”, realçou o autarca.

Segundo Luís Silveira este orçamento “contempla uma obra na ordem dos 400 mil euros no abastecimento da rede de águas, nomeadamente nas condutas da zona histórica da vila das Velas e na Ribeira do Nabo.”

Esta obra insere-se “ainda no âmbito do quadro comunitário em vigor do pro-convergência e que prevê a candidatura de mais quatro obras ainda no âmbito deste quadro comunitário de apoio que acaba a 31 de Dezembro.”

Luís Silveira salientou que foi um grande esforço conseguir preparar um orçamento com este nível de candidaturas e investimentos em pouco mais de um mês.

O autarca afirmou que os principais objetivos são “a criação de postos de trabalho e a dinamização económica do concelho”.

Luís Silveira falou ainda em obras como a renovação do sintético do municipal de Velas bem como da estrutura envolvente, a construção do pavilhão de judo, a reabilitação da escola primária das Velas e remodelação do auditório municipal, quer a nível estrutural quer nos equipamentos de som, luz e imagem.

O presidente do Município das Velas disse ainda que espera ser este o orçamento aprovado pela Assembleia Municipal das Velas, uma vez que foram aliados esforços com base no plafom ainda existente no pro-convergência e acrescentou também que este será um orçamento que irá de encontro à requalificação dos espaços que são propriedade do município.

Liliana Andrade/RL Açores

Deixe uma resposta