Última fase da obra do CAO e Lar Residencial vai avançar

Deverá ter início ainda esta semana a segunda e última fase da obra do CAO e Lar Residencial das Velas, revelou Frederico Maciel em entrevista recente à RL Açores.

O provedor da Misericórdia das Velas fez saber que a obra foi consignada na passada sexta-feira e adjudicada a uma empresa de construção da ilha do Pico num montante de cerca de 400 mil euros, tendo um prazo de 7 meses para estar concluída.

Frederico Maciel referiu que já apresentaram propostas “todas elas calendarizadas para adquirir os equipamentos necessários para que não haja atrasos”.

O provedor explicou que esta nova estrutura “tem duas valências”, a parte do CAO, o Centro de Atividades Ocupacionais para utentes com algum tipo de deficiência, e o Lar Residencial que funcionará 24 horas por dia, podendo ser para “residência temporária ou definitiva”.

Quanto à possibilidade de se criarem novos postos de trabalho, Frederico Maciel diz mesmo que não gosta de “criar expetativas sem ter garantias”, isto porque “há já uma instituição com funcionários e, entretanto, da própria Santa Casa da Misericórdia com a diminuição do número de utentes também há a diminuição do número de funcionários que vão transitar para lá”.

No entanto, o provedor da Misericórdia Velense não descarta a possibilidade de no futuro vir a criar alguns empregos, uma vez que “o facto de o lar residencial funcionar 24 horas por dia leva a que sejam necessários mais funcionários do que aqueles que irão transitar da Santa Casa”.

Recorde-se que esta obra do CAO e Lar Residencial da Misericórdia das Velas esteve parada durante algum tempo devido a alterações na legislação como justificou à RL Açores em Abril deste ano a então Secretária Regional da Solidariedade Social Piedade Lalanda.

Liliana Andrade/RL Açores

Deixe uma resposta