AçoresPolitica

Universidade de Verão “é um velho sonho que está a formar os políticos de amanhã”, afirma Duarte Freitas

O presidente do PSD/Açores enalteceu, esta segunda-feira, a importância “de se formarem os políticos de amanhã, dando-lhes espaço para discutir as principais problemáticas que afetam os açorianos. Foi esse o velho sonho que levou à criação da Universidade de Verão em 2013, cujos resultados, passados três anos, já estamos a ver”, referiu.

Duarte Freitas falava na apresentação da terceira edição da Universidade de Verão, evento que os social democratas e a JSD/Açores levam a cabo de 25 a 28 do corrente mês, em Angra do Heroísmo, contando com a presença do presidente do partido, Pedro Passos Coelho, e do líder nacional da JSD, Cristóvão Simão Ribeiro.

“Serão mais de 30 jovens presentes, de todas as ilhas do arquipélago”, para interagir com um painel de palestrantes de “grande qualidade, visando temáticas como Saúde, Educação, Emprego ou Mar”, disse o líder regional do PSD.

Sofia Ribeiro, Álvaro Monjardino, Carlos Coelho, Duarte Marques, Mónica Seidi, César Toste, Joel Neto, Lisuarte Machado, Francisco Pimentel, Francisco Simões, Manuel Conde Bettencourt e Domingos Borges são alguns dos palestrantes, havendo também “a reprodução de uma sessão plenária, feita como habitualmente, antes do encerramento da Universidade de Verão”.

“Estão a passar, e continuarão a passar pela nossa Universidade de Verão, muitos dos mais empenhados cidadãos dos Açores, e acredito que dos seus participantes também vão sair os responsáveis políticos do futuro”, afirmou.

Duarte Freitas referiu ainda que o PSD/Açores “é a estrutura do país que tem feito mais novos militantes”, cifrando-se “em mais de 2 mil, as pessoas que abraçaram um novo projeto para os Açores. Um projeto que vai ser sufragado em outubro e que acreditamos poderá dar uma nova realidade à nossa Região”.

Daniel Pavão, líder regional da JSD, salientou que “a Universidade de Verão prova bem que o PSD e a JSD continuam a saber cativar os mais jovens para os seus vários projetos”, frisando que “muitos dos jovens participantes deste certame nem tinham nascido, em 1996, quando o poder mudou de mãos nos Açores, mas a verdade é que, 20 anos depois, é preciso perceber porque é que estes jovens continuam a vir para o PSD e para a JSD”, disse.

“Quando a abstenção é cada vez maior, e quando os jovens se afastam cada vez mais da política, eles querem participar neste tipo de certames, exatamente porque não falamos de política partidária ou do PSD, falamos de ideias e de projetos, que são debatidos naqueles dias”, acrescentou o jovem social democrata.

Segundo Daniel Pavão, a Universidade de Verão “tem tido sempre muitos candidatos” nos Açores, “o que mostra bem o interesse da juventude e o sucesso da iniciativa, que teve participantes que hoje são palestrantes da mesma”.

“As pessoas que têm aparecido e sempre renovado a JSD/Açores apresentam as suas ideias e não têm medo de debatê-las e de defendê-las. Este ano, não será diferente”, concluiu o presidente da JSD/Açores.

 

GIPSD-Açores/RL Açores

Comment here