DestaqueLocalPolitica

Vasco Cordeiro chegou tarde aos problemas da obra do Centro de Saúde de Velas, afirma Paulo Silveira

O presidente da Comissão Política de Ilha do PSD/São Jorge considerou esta terça-feira que as declarações do Presidente do Governo Regional sobre as obras do Centro de Saúde de Velas “vêm tarde e a más horas”, sendo conclusões a que os jorgenses “já tinham chegado há muito tempo”.

Paulo Silveira reagiu assim às palavras de Vasco Cordeiro, que ontem manifestou a sua preocupação “pela falta de resposta do seu Governo Regional, relativamente às obras daquele Centro de Saúde, que estão a defraudar as expectativas da população das Velas”, disse.

“Sobre aquele investimento, orçado em um milhão e meio de euros, o senhor Presidente do Governo Regional constatou um impasse, e declarou que iria intervir confrontando os responsáveis”, refere o social democrata.

“No fundo, Vasco Cordeiro reconheceu que há uma profunda inoperância da ação governativa em São Jorge, neste caso relativamente às obras do Centro de Saúde das Velas, mas indo assim de encontro ao que o PSD vem referindo, em relação à Saúde e a outros problemas daquele concelho e da ilha”, avançou.

“O Governo não funciona e o Dr. Vasco Cordeiro reconheceu-o. Desta vez estamos de acordo”, disse Paulo Silveira.

O dirigente local do PSD recordou que “as obras do Centro de Saúde de Velas já foram interrompidas por duas vezes, a empreitada arrasta-se, e parece não ter fim à vista”.

“O PSD de São Jorge entende que, nos tempos difíceis que atravessamos a Saúde é uma preocupação de todos nós, pelo que esperamos agora que a memória de Vasco Cordeiro não se extinga e que a sua consciência não se esbata, para que algo aconteça finalmente no Centro de Saúde de Velas”.

“Numa altura em que, na Região, só se fala em Saúde, nas Velas continuamos à espera. Resta saber por quanto tempo mais”, concluiu Paulo Silveira.

GI PSD Açores/RL Açores

Comment here