Home / Açores / Vasco Cordeiro destaca potencial da Estratégia Florestal dos Açores para o desenvolvimento da Região
Vasco Cordeiro destaca potencial da Estratégia Florestal dos Açores para o desenvolvimento da Região

Vasco Cordeiro destaca potencial da Estratégia Florestal dos Açores para o desenvolvimento da Região

O Presidente do Governo destacou hoje o potencial que a Estratégia Florestal dos Açores apresenta para o desenvolvimento da Região, através da valorização dos produtos e do aumento da competitividade do setor, no sentido de aproveitar este património florestal para promover a criação de riqueza e de emprego no arquipélago.

“Este é um desígnio para o qual o Governo dos Açores tem mobilizado as diversas áreas em que tem intervenção”, afirmou Vasco Cordeiro, após ter recebido, em Ponta Delgada, o Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Francisco Gomes da Silva.

Em declarações aos jornalistas, o Presidente do Governo adiantou que esta estratégia para as Florestas da Região será desenvolvida de forma articulada com a estratégia que o país segue nesta área específica.

Neste âmbito, termina na próxima sexta-feira o período de consulta pública sobre a Estratégia Florestal dos Açores, a qual, posteriormente, integrará a Estratégia Nacional para a Floresta, que está em fase de atualização, disse.

“Este é um aspeto fundamental na forma como os Açores abordam o potencial desta área e o contributo que ela pode dar para o nosso desenvolvimento”, reafirmou Vasco Cordeiro, ao adiantar que os objetivos principais dessa Estratégia Florestal dos Açores passam pela certificação da gestão florestal, pela valorização dos produtos e pelo aumento da competitividade deste sector, no sentido de aproveitar este património da Região para promover a criação de riqueza e de emprego.

Após a audiência, Vasco Cordeiro anunciou, por outro lado, o lançamento, ainda este ano, do segundo concurso público para corte e reflorestação de mais cerca de 100 hectares de criptoméria, no âmbito do projeto estratégico de valorização do setor florestal para a criação de riqueza e de emprego nos Açores.

“O Governo dos Açores encontra-se já a preparar o segundo concurso público para atribuição de licenças de corte em mais cerca de 100 hectares, que será lançado ainda durante este ano, dando seguimento a esta abordagem quanto ao contributo que o setor florestal pode dar para o desenvolvimento da nossa Região”, disse.

O Presidente do Governo salientou que o seu Executivo está “profundamente empenhado” no sentido, não apenas de proteger o património florestal da Região, mas também de valorizá-lo e de transformá-lo num fator de criação de riqueza e de emprego.

“São estes os objetivos que presidiram à iniciativa que já está a atingir a sua fase de concretização, caso do concurso público que foi decidido em 2013. Nesta primeira fase, foram adjudicados cerca de 50 hectares, parte dos quais já estão na fase de corte. Os restantes, dentro em breve, iniciarão a sua fase de corte, ao que se segue a fase de replantação”, concluiu.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top