Home / Politica / Vasco Cordeiro propõe criar um fundo de capital de risco para a investigação e o conhecimento científico
Vasco Cordeiro propõe criar um fundo de capital de risco para a investigação e o conhecimento científico

Vasco Cordeiro propõe criar um fundo de capital de risco para a investigação e o conhecimento científico

O Presidente do PS/Açores propôs esta terça-feira a criação de um fundo de capital de risco, com o objetivo de facilitar a passagem dos resultados da investigação científica e do conhecimento, para a criação de riqueza e de emprego, nos Açores.

Vasco Cordeiro falava perante uma sala repleta de apoiantes, em Vila do Porto.

Para o líder dos socialistas Açorianos, este fundo de capital de risco será um “novo alicerce do desenvolvimento de Santa Maria e dos Açores”, permitindo “passar da fase da investigação para a fase aplicada, por exemplo, com a venda de serviços que podem gerar mais emprego e mais riqueza, fortalecendo a ligação entre a investigação e os investidores, articulando-se e integrando-se de forma coerente com os apoios criados para incentivar a fixação de infraestruturas tecnológicas e científicas”.

Vasco Cordeiro sublinhou a “política de cooperação que os Governos Regionais do PS têm desenvolvido, de apoio à investigação e ao conhecimento, desbravando novos horizontes, nas áreas das ciências e do espaço”, exemplificando com a Rede Atlântica de Estações Geodinâmicas e Espaciais, a Estação de Rastreio da Agência Espacial Europeia ou até com a criação recente da área de testes de drones, aproveitando as potencialidades do aeroporto de Santa Maria.

O Presidente do PS/Açores considerou que a legislatura que agora termina foi um “teste à capacidade de resistência das empresas e das famílias Açorianas”, criticando o PSD e o CDS regionais por terem “estado ao lado de um Governo da República do PSD e do CDS, que optou por cortar nas reformas e apoios sociais, aumento de impostos e cortes nos salários”. O líder socialista criticou também o PSD e o CDS por assumirem agora, em véspera eleitoral, “uma postura de exigência”, questionando “onde é que estiveram nos últimos quatro anos, quando o Governo Regional do PS procurou mitigar estas medidas de austeridade, optando por estar aos lados dos Açorianos e cerrando fileiras num trajeto de defesa da nossa Autonomia?”.

O Presidente do PS/Açores realçou que o partido “está mais concentrado no futuro, ao contrário de outros partidos que se centram na crítica ao PS, naquela que foi a sua ação nos últimos quatro anos, ou indo até mais atrás, aos últimos 20 anos”. Vasco Cordeiro realçou, ainda, que o Governo dos Açores estabeleceu nesta legislatura “propostas estruturais, como a dimuição do preço das passagens aéreas interilhas e para o exterior, com o impulso do crescimento do setor turístico, com a aposta na educação, na saúde, na agricultura e nas pescas”, considerando que estes dois últimos setores enfrentam desafios acrescidos, mas manifestando a sua confiança de que o PS/Açores saberá dar resposta a estas dificuldades.

Vasco Cordeiro apelou ao voto no PS nestas eleições regionais, lembrando que “só contam os votos que entrarem na urna no próximo dia 16 de outubro” e que “não há vencedores antecipados nestas eleições”.

GI PS Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top