Home / Politica / Vasco Cordeiro quer reforçar aposta na vinha do Pico
Vasco Cordeiro quer reforçar aposta na vinha do Pico

Vasco Cordeiro quer reforçar aposta na vinha do Pico

O Presidente do PS/Açores e candidato às eleições regionais do próximo dia 16 de outubro partilhou esta quinta-feira a sua visão de reforço da aposta no setor vitivinícola da ilha do Pico, como forma de gerar riqueza e criar emprego, não apenas para esta ilha, mas para toda a Região.

Vasco Cordeiro discursava perante uma plateia de mais de 400 apoiantes, em São Roque do Pico, na apresentação dos candidatos do PS às próximas eleições.

O Presidente do PS/Açores lembrou que entre 2009 e 2013 “foram recuperados cerca de 30 hectares de vinha no Pico e, entre 2014 e 2016, foram apresentados projetos para recuperar mais de  330 hectares de vinha”. Vasco Cordeiro entende que “devemos fortalecer esta aposta, reforçando as condições de experimentação, de formação e de apoio aos viticultores da ilha do Pico, para que este setor possa trazer mais rendimento, mais desenvolvimento e mais riqueza aqui, porque se o fizer está também a gerar riqueza para os Açores”.

Vasco Cordeiro assumiu liderar um “projeto político de verdade, responsabilidade e transparência”, explicando que a opção de apresentar a lista em São Roque se prendeu com o facto de neste concelho se localizar um “compromisso que não conseguimos cumprir com os picoenses, o terminal marítimo de passageiros de São Roque do Pico”.

“Entendemos que devemos falar olhos nos olhos com os Picoenses, porque é assim que o PS age e é assim que nós queremos ter uma relação de confiança com os Açorianos”, frisou.

Vasco Cordeiro assumiu e explicou que “foram feitos vários projetos para aquele terminal, que representará um investimento de cerca de 30 milhões de euros”, mas que “nenhum desses projetos ainda demonstrou ter e ser uma resposta satisfatória para um investimento desse montante”, adiantando que “enquanto não tivermos um projeto com uma resposta técnica satisfatória, não faremos um investimento dessa grandeza; nós queremos é ter a melhor resposta possível para servir o Pico e servir os Picoenses”.

O Presidente do PS/Açores criticou os “ilusionistas de ocasião”, que “dizem e que tudo fazem, que tudo resolvem e que atacam o PS por ter a coragem de dizer que enquanto não houver uma resposta satisfatória, nós não faremos este investimento”, salientando que esses críticos “seriam os mesmos que, se nós avançássemos com a obra, estariam na linha da frente a acusar-nos de desperdício de recursos públicos, de fazer uma má opção e um mau investimento”.

Vasco Cordeiro destacou os resultados positivos do trabalho que já foi feito na ilha do Pico, frisando que a “Lactopico não caiu” e que o PS estará “ao lado da lavoura do Pico quando for concretizado um investimento de 1.7 milhões de euros, já aprovado, no projeto Leite da Montanha, que será um grande contributo para reforçar o rendimento e a criação de riqueza na ilha do Pico”.

O líder socialista lembrou ainda que entre 2012 e 2016, o número de dormidas no Pico “cresceu mais de 65%, os proveitos da atividade turística cresceram mais de 62%”, assumindo querer “criar condições para que este setor possa contribuir de forma ainda mais efetiva para o desenvolvimento desta ilha”.

O líder dos socialistas Açorianos lembrou, também, que os “últimos quatro anos foram repletos de desafios” e que a Região “tudo fez, até ao limite das suas competências e recursos, para ultrapassar a crise que nos chegou de fora. Fez tudo isso seguindo o seu próprio caminho, trilhando aquilo a que chamamos uma Via Açoriana pelo desenvolvimento”. “Aqui na Região, mandam os que cá estão”, frisou.

“Estou hoje aqui, perante vós, não em nome do passado, mas em nome do futuro do Pico e do futuro da nossa Região”, finalizou o Presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro.

GI PS/Açores

 

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top