“Volta Solidária – Acredita em Ti” na Ilha de São Jorge (c/áudio)

No próximo dia 4 de setembro, haverá um evento que vai percorrer a ilha de São Jorge. Chama-se “Uma Volta Solidária – Acredita em ti” e tem o intuito de apoiar duas IPSS, uma no Concelho da Calheta, o “Instituto de São José” e outra no Concelho de Velas, o “CAO de Velas”.

A ideia surgiu de Nelson Azevedo, atleta e produtor agrícola de profissão, conta que foi após um convite por um amigo para participar na Travessia longitudinal da ilha, em caminhada e ultra maratona, chamada “Ponta a Ponta”, organizada pela empresa “Aventour Azores Adventors” que lhe despertou a curiosidade deste tipo de Trail.

No entanto, este evento que hoje falamos é diferente e nunca aconteceu: os atletas saem do Jardim de Velas, rumo ao Topo, mas com o intuito de regressar de seguida, à Vila das Velas.

Nelson frisa a importância de praticar desporto, caminhada e corrida e diz que até a sua sobrinha de 14 anos de idade já se disponibilizou a embarcar nesta aventura com o tio.

Porém, visto que são 120 quilómetros, haverá lugares de paragem, onde os atletas poderão descansar e definir quantos quilómetros pretendem percorrer.

Qualquer pessoa pode participar, não havendo valor de inscrição, e também quem quiser pode deixar o seu donativo, sendo que o valor será igualmente repartido e doado em bens às duas IPSS.

Nelson conta também que a sua profissão de produtor agrícola não lhe dá muito tempo para tratar da logística deste evento, daí estar a contar com o apoio da Associação “Dragon Island Trail Club”. Diz que compromete-se a andar, correr e atingir a meta dos 120 quilómetros.

Nelson Azevedo aproveitou para divulgar outro evento, cujo valor dos bilhetes reverte a favor das mesmas IPSS, trata-se de uma volta à ilha de barco no próximo dia 28 de agosto.

Por fim, Nelson Azevedo, que idealizou este evento, quis deixar alguns agradecimentos.

Volta solidária, 120 quilómetros a correr ou a andar, a acontecer já no próximo dia 4 de setembro de 2021, evento idealizado por Nelson Azevedo, que conta com alguns apoios e é aberto a todos quantos quiserem participar.

Laura Cabral/RL Açores

Deixe uma resposta