Home / Açores / Vulcão dos Capelinhos é um verdadeiro exemplo de um local de especial interesse científico, educacional e turístico, afirma Marta Guerreiro
Vulcão dos Capelinhos é um verdadeiro exemplo de um local de especial interesse científico, educacional e turístico, afirma Marta Guerreiro

Vulcão dos Capelinhos é um verdadeiro exemplo de um local de especial interesse científico, educacional e turístico, afirma Marta Guerreiro

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo destacou hoje, no Faial, a vasta geodiversidade do arquipélago dos Açores, evidenciando o caso concreto do Vulcão dos Capelinhos como um verdadeiro exemplo de um local de especial interesse científico, educacional e turístico.

Marta Guerreiro falava, no Aeroporto da Horta, na inauguração da exposição ‘Vulcão dos Capelinhos – 60 anos de história’, que marcou o início das comemorações dos 60.º aniversário da erupção deste vulcão, que hoje também incluem uma homenagem aos últimos faroleiros dos Capelinhos e uma sessão solene, prosseguindo depois com um programa alargado até outubro de 2018, com o objetivo de divulgar a importância desta erupção no contexto socioeconómico, geológico e cultural da ilha do Faial.

“Esta é mais uma forma de divulgar a narrativa de um vulcão adormecido, que marcou para sempre a ilha do Faial e a vida dos que presenciaram a sua imponente erupção”, salientou a Secretária Regional.

A titular da pasta do Ambiente realçou o facto de a exposição estar patente no aeroporto, enquanto “lugar privilegiado de passagens de pessoas, sejam elas residentes ou turistas que visitam os Açores, o que faz com que a história destes 60 anos do vulcão seja difundida mais além”.

Marta Guerreiro acrescentou que as entradas no Centro Interpretativo do Vulcão dos Capelinhos serão gratuitas hoje, assinalando não só os 60 anos da erupção, bem como o Dia Mundial do Turismo.

A Secretária Regional destacou o facto de 2017 ser o Ano Internacional do Turismo Sustentável, reforçando a “certeza” de que os Açores “nunca serão um destino de turismo de massas” e a aposta no “turismo de natureza ativo”.

Na sua intervenção, salientou que este setor “é mais um motor de desenvolvimento económico para a Região”, acrescentando que o Governo dos Açores se encontra satisfeito e “confortável” com os crescimentos que se têm verificado.

“Não só de números se fez o crescimento do setor turístico e o crescimento sustentável tem por base as pessoas, as que cá habitam e as que visitam cada uma das nove ilhas dos Açores, bem como os ecossistemas que as rodeiam”, frisou a Secretária Regional.

Marta Guerreiro destacou o Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos por ser o mais visitado da Região, tendo recebido 230 mil visitantes desde a sua abertura, em 2008, até agosto deste ano, “constituindo um elemento dinamizador da atividade económica e de animação turística dos Açores, complementando os pontos de interesse turístico naturais do Faial, como o Vulcão dos Capelinhos e a Caldeira”.

“Efetivamente, esta é mais uma evidência de uma estratégia de geoconservação, com base em políticas de educação e sensibilização ambientais, bem como a promoção de um desenvolvimento sustentável baseado no geoturismo”, afirmou Marta Guerreiro.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top