António Ventura garante proteção das agriculturas açorianas na Assembleia da República

O candidato do PSD/Açores à Assembleia da República, António Ventura, garantiu hoje continuar o trabalho “proteção das agriculturas dos Açores, no âmbito dos vários acordos comerciais internacionais existentes, de modo a proporcionar um leque de oportunidades, e não de obstáculos”.

O social democrata defende que “é útil e vantajoso conhecer o impacto desses futuros acordos comerciais da União Europeia (UE) para regiões ultraperiféricas como os Açores, já que a Europa possui uma agenda alargada de negociações comerciais unilaterais e bilaterais”, adiantou.

Falando após uma visita à Cooperativa Fruter, Ventura alertou para facto de “muitos desses acordos comerciais mostrarem uma tendência continuada de concessões sobre a Agricultura, para um maior acesso aos mercados de países terceiros, nomeadamente em produtos e serviços”.

E lembrou que o PSD/Açores já apresentou “duas iniciativas no parlamento regional, ambas aprovadas por unanimidade, para que a Comissão Europeia, em futuras negociações com esses países, preveja sempre estudos de impacto que incluam os Açores”, explicou.

Para o candidato, essa atitude negocial da UE provoca “uma crescente concorrência nos produtos agrícolas locais, sentida especialmente numa região como os Açores”, e deu o exemplo das negociações em curso com o MERCOSUL que, “caso avancem como estão, são uma ameaça à nossa bovinicultura de carne, pois as importações poderão, gradualmente, substituir a produção doméstica”.

Segundo disse, “essa realidade tem especial expressão nas ilhas onde há um crescente abandono humano e onde prevalece a atividade agrícola”.

Para António Ventura, “é preciso ter sempre presente que a produção agrícola ultrapassa, nos Açores, o mero fator económico, dada a sua importante dimensão social, conferida pela criação de emprego e fixação de pessoas, especialmente jovens”, concluiu.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta