Conselho de Ilha de São Jorge dá parecer positivo à Anteproposta de Plano para 2016, mas não poupa nas críticas (c/áudio)

O Conselho de Ilha de São Jorge reuniu esta segunda-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Calheta, com intuito de dar parecer sobre a Anteproposta de Plano para 2016, no que concerne às verbas atribuídas para investimentos públicos em São Jorge.

No final da noite e após a recolha de opinião dos vários conselheiros o parecer revelou-se favorável, no entanto com algumas ressalvas a registar.

Dário Nascimento optou por apontar em primeiro lugar os aspetos mais positivos para o Conselho de Ilha.

Quanto às ressalvas, o presidente do Conselho de Ilha considera mesmo que ficou muito por fazer e muito por contemplar no que respeita aos investimentos para a ilha de São Jorge. Os conselheiros admitem que o Turismo é mesmo o setor mais carenciado.

Dário Nascimento dá exemplos concretos onde seriam necessários mais investimentos.

“Sempre as mesmas obras e os mesmos valores” – é esta a grande crítica apontada pelos conselheiros. O Presidente do Conselho de Ilha fundamenta esta crítica.

Em matéria de investimento público São Jorge é a 5ª ilha com maior investimento, 55 milhões é o valor a ser atribuído em 2016, sendo que a ilha das fajãs regista assim um aumento de 9 milhões de euros em comparação com o plano de 2015.

Liliana Andrade/RL Açores

Fotografia: ©Direitos Reservados

Deixe uma resposta