Desemprego está a baixar nos Açores há mais de 36 meses

O desemprego está a baixar nos Açores há mais de 36 meses – em abril último, estavam registados no Centro de Qualificação e Emprego da Região 4.712 desempregados, o que significa uma redução de 13,2% face a período homólogo (5.427) e de 32,6% em relação a abril de 2021, mês em que estavam inscritos 6.993 desempregados, de acordo com os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Esta tendência decrescente do desemprego nos Açores está a registar-se desde janeiro de 2021 (7.032 desempregados), mantendo-se em janeiro de 2022 (6.415 desempregados), em janeiro de 2023 (5.686 desempregados) e em janeiro de 2024 (4.953 desempregados).

Desde junho do ano passado, ou seja, há 11 meses consecutivos, que a Região regista menos de 5.000 desempregados.

Simultaneamente, o número de desempregados em medidas de inserção socioprofissional está a baixar.
De acordo com os recentes dados do IEFP, em abril último estavam integrados em programas ocupacionais 1.599 desempregados, menos 63,5% do que em abril de 2021 (4.379 ocupados).

A Secretária Regional da Juventude, Habitação e Emprego considera que “estes indicadores são bons, desde logo, porque traduzem uma melhoria para os trabalhadores e para as famílias açorianas e, além disso, porque são o resultado da confiança e do dinamismo da economia açoriana depois de uma pandemia e de uma guerra que gerou uma pressão inflacionista”.

Entre o 1.º trimestre de 2021 e o 1.º trimestre de 2024 foram integrados no mercado de trabalho mais 11 mil açorianos. No 1.º trimestre deste ano a população empregada é a maior de sempre nos Açores – 119 mil trabalhadores.

RL/GRA

Deixe um comentário