Fajã de João Dias já tem caminho de acesso a viaturas

O Município das Velas concluiu as obras na Fajã de João Dias, na freguesia de Rosais, nomeadamente a construção do Caminho de acesso automóvel. De acordo com nota de imprensa da autarquia velense, tratou-se de uma obra de extrema complexidade, mas que agora permite um acesso mais rápido e facilitado à mesma, especialmente para aqueles que já não o conseguem fazer por via do trilho pedestre, bem como permitirá, em caso de necessidade, mais fácil socorro à População.

Segundo o Presidente do Município, Luís Silveira, a conclusão desta obra é nem mais do que “a concretização de um sonho, de quem hoje está presente, mas também de muitos que já partiram”.

Um processo que teve mais de 20 anos e cuja obra se desenrolou por três fases nos últimos 14, tendo um custo superior a 800 mil euros.

Além da abertura do Caminho de Acesso Automóvel, esta obra contemplou, igualmente, a construção de algumas paredes de suporte e proteção da via, construção de valetas e canais de escoamento das águas pluviais, intervenções que visaram criar mais segurança aos seus utilizadores. 

Além do acesso de viaturas, a Autarquia realizou outras obras nesta Fajã, nomeadamente a reabilitação de vários espaços públicos, instalações sanitárias junto à Ermida, assim como colocação de madeira tratada em algumas zonas de proteção junto à Orla Costeira.

Esta foi uma obra que permitiu ainda avançar com Rede de Abastecimento Público de Água nesta Fajã, sendo que os Munícipes já podem, em caso de interesse, requerer a instalação da mesma nas suas adegas/ casas.

Segundo Luís Silveira, a obra irá permitir, sobretudo àqueles que tem uma idade mais avançada, “continuar a beneficiar deste magnífico espaço e seus bens nesta Fajã, bem como, e como já referido, a possibilidade na eventual necessidade de socorro, em caso de acidente ou catástrofe natural”.

De salientar ainda que o Município construiu um Miradouro, no qual instalou um Baloiço, sobranceiro à referida Fajã, sita na Freguesia dos Rosais, que permite vislumbrar uma panorâmica única, tendo como pano de fundo a Fajã de João Dias e a Costa Norte da Ilha, e que, certamente, segundo a nota do Município, levará à delícia dos residentes mas também de quem visita a ilha.

Para o Presidente do Município, Luís Silveira, sendo as Fajãs de São Jorge – Reserva da Biosfera, muito apreciadas, “é de todo importante manter estes locais emblemáticos em bom estado de conservação, preservando o ambiente associado às Tradições e Costumes deste Povo com mais de 500 anos de História”.

Nesse sentido, e aproveitando a presença, na inauguração, do Vice-Presidente do Governo dos Açores, Artur Lima, que presidiu à cerimónia, o Edil recordou a necessidade urgente de se avançar com a Proteção da Orla Costeira, lembrando que parte do trilho pedestre dentro da Fajã, já apresenta patologia proveniente da ondulação e erosão marítima.

De salientar que no âmbito da inauguração do Caminho de Acesso a Viaturas à Fajã de João Dias foi atribuída a Medalha de Prata do Município a Nelson Nunes, operador de máquinas, pelo decisivo contributo e determinação na concretização da obra, pela sua mestria, mas sobretudo pela complexidade da abertura de uma cesso desta natureza.

O Autarca aproveitou ainda para deixar um agradecimento a todos quantos contribuíram para que a obra fosse hoje uma realidade ao serviço das pessoas.

 

 

 

GI CMV/RL Açores

Deixe uma resposta