Governo dos Açores tem trabalho feito na resposta aos efeitos da redução de efetivos na Base das Lajes, afirma Isabel Rodrigues 

A Secretária Regional Adjunta da Presidência para os Assuntos Parlamentares afirmou hoje que, perante a redução de efetivos na Base das Lajes decidida pelos EUA, o Governo dos Açores lançou mão de “todos os meios de que dispunha” e apresentou o trabalho que vinha desenvolvendo, com o qual procurava “preparar-se para essa eventualidade que se veio a realizar”.

Isabel Rodrigues frisou que o plano que o Governo dos Açores apresentou – o Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) – “chamava ao trabalho, porque assim as circunstâncias o exigiam, o Governo Regional, mas também o Governo da República e o próprio governo norte-americano”.

“A verdade é que nós sabemos o que o Governo Regional fez, mas não sabemos o que o Governo da República fez”, afirmou Isabel Rodrigues, que falava na Assembleia Legislativa, no debate de uma Anteproposta de Lei que prevê um programa especial de apoio social para a ilha Terceira e que, depois de ter sido aprovada em plenário, será agora remetida à Assembleia da República.

Para a Secretária Regional, a anteproposta “tem o mérito de lançar mão de instrumentos que estão já fora do domínio de decisão da Região, nomeadamente do Governo Regional”.

“A concretizar-se, temos a certeza que será mais um contributo na mitigação das consequências negativas que esta situação tem para a ilha Terceira”, salientou Isabel Rodrigues.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta