Governo vai melhorar regime de cooperação com as Autarquias em situações de calamidade, anuncia Vasco Cordeiro

O Presidente do Governo anunciou hoje a revisão do regime de cooperação entre a Administração Regional e as Autarquias Locais com o objetivo de melhorar a colaboração em situações de calamidade, como as que se verificaram, na última semana, nos concelhos do Nordeste e de Angra do Heroísmo.

“No Conselho do Governo que está agendado para a ilha Graciosa faremos um ponto de situação mais global destas situações. A melhoria dos mecanismos de cooperação com as Autarquias Locais para permitir esse reforço de cooperação em situações de calamidade, é uma das matérias que merecerá a nossa atenção, pelo que será feita uma proposta legislativa, se assim for necessário”, adiantou Vasco Cordeiro aos jornalistas.

O Presidente do Governo salientou que as situações ocorridas no Nordeste e em Angra do Heroísmo, resultantes da chuva intensa e repentina que caiu nestes dois concelhos, permitiram verificar a necessidade de melhorar o regime de colaboração entre a Administração Regional e as Autarquias Locais, o que o Governo “fará de imediato”.

Vasco Cordeiro falava após ter reunido com o Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Álamo Meneses, para fazer um ponto de situação dos prejuízos causados pelas chuvas de sexta-feira ao nível das habitações, das empresas, do comércio, do setor agrícola e das vias municipais e regionais.

“Do ponto de vista da quantificação, este é um trabalho que está a decorrer em articulação com as Autarquias”, frisou Vasco Cordeiro, que esteve acompanhado pelo Vice-Presidente do Governo, Sérgio Ávila, pela Secretária Regional da Solidariedade Social, Andreia Cardoso, e pelos secretários regionais do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, e da Agricultura e Ambiente, Luís Neto de Viveiros.

Recorde-se que, na sexta-feira, o Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, esteve em contacto permanente com o Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Álamo Meneses. No dia anterior, Vasco Cordeiro deslocou-se ao Nordeste, concelho que também foi atingido pelas fortes chuvadas.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta