Intercâmbios europeus entre associações de juventude contribuem para o diálogo intercultural, afirma Diretora Regional da Juventude

A Diretora Regional da Juventude afirmou esta segunda-feira, em Ponta Delgada, que os jovens europeus e as associações de juventude “podem trabalhar em conjunto e contribuir para um diálogo intercultural verdadeiramente estimulante, inovador e construtivo entre as regiões europeias”.

Pilar Damião falava na receção aos jovens do intercâmbio bilateral ‘Don’t be a clown in your life – But learn with a clown’, que decorre até 31 de janeiro, em São Miguel, no âmbito do programa europeu Erasmus+/Juventude em Ação.

Este intercâmbio, que se desenvolve entre a Associação de Artes Circenses dos Açores – 9’Circos e a associação Green Meridians, da Letónia, tem por base métodos de “educação não formal” como ferramenta de inclusão, demonstrados através das artes circenses.

Na sua intervenção, Pilar Damião enalteceu o trabalho desenvolvido pela Associação 9’Circos, afirmando que “tem sido extremamente interessante e importante para nossa comunidade ter uma associação como a 9’Circos”, destacando o “trabalho sério, persistente e inovador, bem como a sua marcante ação na área do empreendedorismo social”.

Para a Diretora Regional, “a realização de projetos bilaterais no âmbito do programa europeu Erasmus +/Juventude em Ação na Região tem sido fundamental para a criação de redes de contacto e para a partilha de experiências entre jovens açorianos e os seus congêneres europeus”.

“O contributo dos jovens, através do seu espírito crítico, é cada vez mais necessário, principalmente num período no qual se tornou imperativo fortalecer o sentido de humanismo na Europa”, frisou.

A atividade ‘Don’t be a clown in your life – But learn with a clown’ visa a aprendizagem mútua dos parceiros, não só na vertente artística, mas também na vertente cultural, abrangendo 20 jovens da Letónia e 20 jovens açorianos.

O programa Erasmus+/Juventude em Ação foi criado para o período 2014-2020 com o objetivo de reforçar as competências e a empregabilidade, com apoio às parcerias transnacionais entre instituições e organizações de ensino, formação e juventude, para fomentar a cooperação e aproximar os mundos do ensino e do trabalho.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta