“IVA da restauração deve baixar para o escalão intermédio para criar emprego”, defendeu Madalena San-Bento

 

A candidatura do PS/Açores às próximas eleições legislativas defendeu esta segunda-feira, pela voz da candidata Madalena San-Bento, a revogação do atual regime de tributação de IVA em vigor para o sector da hotelaria, restauração e similares, repondo a taxa intermédia que vigorava antes do agravamento fiscal implementado pela maioria PSD-CDS que governa o País.

A candidata socialista falava após uma reunião com a direção da AHRESP-Açores, em Ponta Delgada.

A candidata que ocupa o quinto lugar da lista do PS à Assembleia da República pelo círculo eleitoral dos Açores, nas eleições que se realizarão no próximo mês de Outubro, defendeu que “a subida do IVA da restauração fez falir mais de 11.000 pequenas e medias empresas no nosso País e provocou mais de 63.000 novos desempregados. Foi uma medida errada. Qualquer Governo deve avaliar as suas próprias medidas e ter abertura para corrigir o que se provar inadequado à realidade.”

Madalena San-Bento realçou que “O PS assume o compromisso que se for Governo na República revogará o agravamento do IVA da Restauração. Vamos repor o IVA deste sector para o escalão intermédio e com isso dinamizar o sector e criar milhares de novos empregos no País.”

GI PS Açores/RL Açores

Deixe uma resposta