Destaque Local

Lojas ElevenEleven arrecadam primeiro e segundo lugar no concurso de Montras

Este ano realizou-se o já habitual concurso de Montras na noite de oito de dezembro, tendo a montra da loja ElevenEleven Kids arrecadado o primeiro lugar com 155 pontos, o segundo lugar foi também para outra loja ElevenEleven com 143 pontos, já em terceiro lugar ficou a montra de A Minha Ourivesaria com 138 pontos. Cada uma das montras recebe um prémio monetário, 200 euros para o primeiro lugar, 150 euros para o segundo e 100 euros para o terceiro classificado.

Uma noite fria na Vila das Velas, mas que nem por isso impediu que as ruas principais se enchessem para assistir ao desfile da Charanga da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Velas, de Filarmónicas e dos Grupos Folclóricos da ilha e também para apreciar as montras do comércio local.

A organização deste dia ficou mais uma vez a cargo da já habitual parceria entre o Município Velense e o Núcleo Empresarial da ilha de São Jorge.

De acordo com João Paulo Oliveira, presidente do Núcleo Empresarial, a noite foi muito agradável, tendo corrido tudo dentro do previsto.

“Correu muito bem e o tempo ajudou também, tivemos muita gente nas ruas da Vila das Velas”, frisou o presidente do Núcleo Empresarial, elogiando ainda as montras do comércio local, que “estavam como sempre muito apelativas”.

Também Luís Silveira fez “um balanço muito positivo” deste dia das Montras, dia que marca o início da época natalícia no concelho das Velas, destacando a vertente cultural deste dia bem como a importância deste evento para o comércio local.

“Fazemos um balanço muito positivo, com alguns milhares de pessoas a visitarem a sede do concelho, pessoas de toda a ilha”, afirmou o autarca, considerando que este dia é de extrema importância para o comércio local, que nos últimos anos tem aberto as suas portas “numa altura em que é de compras e de Natal”, havendo, assim, uma contribuição para a economia local.

Eventos como o concerto de natal e de ano novo e o dia de reis vão ainda marcar esta época natalícia.

Liliana Andrade/RL Açores

Deixe uma resposta