Maior acidente aéreo da SATA, nos Açores, foi há 24 anos

Hoje é um dia triste e para sempre lembrado na aviação civil açoriana. Foi há 24 anos que o voo 530 da companhia aérea SATA, que fazia a ligação Ponta Delgada – Horta – Flores embateu no morro Pelado, ao lado do Pico da Esperança, na ilha de São Jorge.

Não houve sobreviventes entre os 35 ocupantes, dos quais quatro eram tripulantes e os restantes passageiros.

Devido ás más condições meteorológicas nesse dia céu muito nublado, vento moderado a forte com turbulência e a inexistência de meios autónomos de navegação a bordo do avião , que pudessem determinar a sua posição com rigor o voo fez um desvio sem que a tripulação se apercebesse que estava já a cruzar a linha da costa norte de São Jorge. Pensavam estar a sobrevoar o Canal de São Jorge, mas o Pico da Esperança já estava perigosamente perto.

RL