Municípios dos Açores podem candidatar-se ao programa ECO XXI 2016

Os municípios do arquipélago podem candidatar-se até 15 de junho ao Programa ECO XXI 2016, que é promovido na Região pelo Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente, em parceria com a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

O Projeto ECO XXI, inspirado nos princípios subjacentes à Agenda 21, procura reconhecer as boas práticas implementadas ao nível dos municípios, valorizando um conjunto de aspetos considerados fundamentais para a construção de um desenvolvimento sustentável.

A participação neste programa internacional da Fundação para a Educação Ambiental (FEE) é voluntária, podendo ser consultada mais informação no endereço eletrónico http://ecoxxi.abae.pt/, onde também devem ser formalizadas as candidaturas.

Para se poderem candidatar ao ECO XXI, os municípios têm que apresentar informação relativa a 21 indicadores, entre os quais a implementação dos programas FEE, a qualidade da água para consumo humano, a valorização de resíduos urbanos e o uso sustentável da energia.

Nos Açores, este programa internacional criado na ‘Década de Educação para o Desenvolvimento Sustentável’, que decorreu entre 2005 e 2014, tem vindo a conquistar uma maior adesão nos últimos anos, fruto da estratégia de educação ambiental e promoção para o desenvolvimento sustentável operacionalizada pela Direção Regional do Ambiente.

Na edição 2015 participaram cinco dos 19 municípios açorianos, expressando uma participação de 26%.

Os municípios das Lajes e de São Roque, na ilha do Pico, reinscreveram-se após atingirem com sucesso o Galardão ECOXXI 2014, e foram apresentadas três novas inscrições, pelas autarquias da Horta, no Faial, Madalena, no Pico, e Ribeira Grande, em S. Miguel.

Ao aferir a qualidade do desempenho do município, este programa constitui-se ainda como uma ferramenta de gestão interna, apontando caminhos e metas no sentido da sustentabilidade.

O Governo dos Açores assinou em 2015 um protocolo de colaboração entre a Região e a ABAE, com o objetivo de reforçar os projetos de Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável no arquipélago, implementados em parceria há 17 anos.

Os programas implementados e geridos nos Açores são o Eco-Escolas, o Jovens Repórteres para o Ambiente, o ECO XXI e o ‘Green Key’ ou Chave Verde.

A Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) é uma Organização não Governamental de Ambiente (ONGA), sem fins lucrativos, dedicada à educação para o desenvolvimento sustentável e à gestão e reconhecimento de boas práticas ambientais.

A ABAE faz parte da FEE, uma organização internacional, com origem na Europa e representação em cerca de 60 países, sendo responsável por projetos de sensibilização e educação ambiental.

GaCS/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

Deixe uma resposta