Obras de reabilitação do Centro de Saúde das Velas devem arrancar em novembro, já só falta o visto do Tribunal de Contas (c/áudio)

Tudo indica que novembro é o mês em que se devem iniciar as obras de reabilitação do Centro de Saúde das Velas. A obra, com um valor de investimento superior a 2,5 ME e já consignada à empresa TREPA, aguarda agora o visto do Tribunal de Contas.

Depois de ter sido iniciada em 2019 a obra de reabilitação deste Centro de Saúde e de o empreiteiro ter, em setembro de 2020, abandonado a mesma devido a uma situação de falência, o Governo tornou público que apenas 10% da empreitada ficou concluído, sendo que o projeto foi revisto e atualizado, tendo sido esta quarta-feira apresentado.

De acordo com o Engenheiro da Direção Regional das Obras Públicas que apresentou o projeto, a obra será feita por quatro fases de forma a garantir o funcionamento dos diversos serviços do Centro de Saúde de Velas, sendo que o prazo de execução previsto é de 18 meses.

Na apresentação do projeto agora atualizado, José Manuel Boleiro frisou que a saúde “é uma enorme prioridade”, sendo que, por vezes, é preciso dar um passo atrás para que se possa avançar.

O presidente do Governo Regional referiu ainda que este é um projeto possível de ser concretizado, referindo ainda o facto de que as obras irão decorrer por fases para minimizar as perturbações no funcionamento dos serviços.

José Manuel Boleiro tornou públicas ainda as ambições do Presidente da Câmara Municipal das Velas, que passam pela construção de um edifício de raiz, com o presidente do Governo Regional a dar a entender que tal não irá acontecer, mas que no futuro poderá então haver uma ampliação do atual Centro de Saúde por via de um terreno que será cedido pela Câmara Municipal.

O projeto das obras de reabilitação do Centro de Saúde de Velas foi, assim, apresentado esta quarta-feira no edifício que em breve entrará em obras, com a presença do Conselho de Administração da Unidade de Saúde de Ilha, membros do Governo Regional, do Presidente do Município das Velas, Deputados Regionais e colaboradores da Unidade de Saúde de ilha.

Todo o edifício será reabilitado, com especial incidência para as obras na parte da Urgência ou a ampliação do serviço de Fisioterapia. Destaque ainda para a construção de 13 novos quartos de internamento, todos eles com casa de banho privativa e, ainda, mais dois quartos privados também eles com wc privado.

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

Deixe uma resposta