Obras no Centro de Saúde da Calheta já foram inauguradas e prometem trzer maiores benefícios aos utentes (c/áudio)

As obras no Centro de Saúde da Calheta, que representaram um investimento de cerca de 1,4 milhões de euros, que representam uma melhoria significativa na prestação de cuidados aos utentes da ilha de São Jorge, foram inauguradas esta quinta-feira.

A remodelação e ampliação do edifício existente e a construção de um novo edifício com cerca de 800m2 permitiu aumentar o número de gabinetes médicos e de enfermagem, que passaram de cinco para nove, criar um novo espaço de Fisioterapia com mais de 330 m2, ampliar e reorganizar o Serviço de Urgência e melhorar as condições de trabalho e conforto dos utentes no Serviço de Internamento.

Vasco Coreiro destacou ainda o facto de em 2019 o número de consultas na Calheta ter chegado às cerca de 15 mil em várias especialidades, evidenciando ainda os 38 mil exames de diagnóstico realizados na ilha, com o presidente do Governo a destacar aquela que considerou ser a boa gestão de recursos humanos.

 “O Serviço Regional de Saúde está, assim, a cuidar mais e melhor de todos os Jorgenses, em todo o seu ciclo de vida e, graças aos seus profissionais, às equipas multidisciplinares, em toda a sua abrangência”, referiu Vasco Cordeiro.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta