PSD Açores vai ouvir açorianos de todas as ilhas para debater Plano de Investimentos Regional

O PSD Açores quer que os açorianos tenham uma palavra na seleção das opções que o Governo Regional faça nos Açores, escolhendo as que considera prioritárias. De acordo com o maior partido da oposição na região, os documentos orçamentais devem contar com a participação dos cidadãos, especialmente em matéria de investimentos.

Já em 2014 os social-democratas tinham percorrido todos os concelhos dos Açores, tendo reunido com centenas de pessoas, num processo de auscultação que se revelou determinante para a abordagem por parte do PSD à política ao Plano e Orçamento da Região Autónoma dos Açores.

Dessa experiência, o PSD Açores garante que retirou “conclusões para o debate do Plano e Orçamento de 2015 e ideias, propostas e sugestões dos açorianos cuja inclusão nos documentos de planeamento político e financeiro das nossas ilhas defendemos”.

Num comunicado enviado à Comunicação Social, o PSD garante que vai “renovar e aprofundar este processo, auscultando, de novo e de forma direta, os cidadãos de todas as ilhas sobre as suas expectativas, inquietações e ambições para o ano de 2016”.

“A participação das populações e das forças vivas de cada uma das nove ilhas na definição das prioridades dos investimentos públicos regionais em 2016 é da maior importância para o PSD Açores”, pode ler-se ainda no mesmo comunicado.

Mais uma vez, os social-democratas não deixam de fora as regionais de 2016, assegurando que “esta forma de agir marca também o nosso propósito de fazer da proximidade um dos vetores chave das propostas políticas para as eleições regionais de 2016”.

“Queremos que as pessoas participem e se envolvam na política e nas decisões sobre o seu futuro”, querendo o PSD Açores “ser o porta-voz dos anseios e objetivos dos açorianos para 2016”.

Os social-democratas acreditam que 2016 possa ser um ano melhor, mantendo a esperança que “o desemprego continue a descer, que a economia se fortaleça no seu todo e que as dificuldades de âmbito social se vão mitigando”.

O PSD Açores afirma ainda em comunicado estar “ciente dos problemas que o coração da economia açoriana, a lavoura, enfrenta”.

No entanto, consideram que “ainda não vai ser desta vez que os açorianos vão ter um Plano de Investimentos Participativo”.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta