São Jorge com cinco Bailinhos de Carnaval (C/ áudio)

Apesar de algumas dificuldades, São Jorge conseguiu contar com cinco grupos de Bailinhos de Carnaval.

Os Bailinhos de Carnaval iniciaram atuações no domingo, tendo sido o primeiro, o Bailinho do grupo de teatro “O palco” com a peça intitulada de “Casamento por correspondência” a apresentar-se em casa, na sociedade dos Rosais. De seguida e no mesmo dia apresentaram-se na Sociedade de Norte Grande, tendo como mote uma sátira a algumas personalidades e acontecimentos da ilha, o Bailinho do Norte Grande e o Bailinho de Finalistas do 4º ano da EBS de Velas, onde este conta um sonho no qual a turma viaja até ao Algarve.

Já na segunda-feira apresentou-se o Bailinho de Carnaval da Urzelina, tendo como protagonistas duas viúvas, um coveiro e dois homens à procura de mulher, na Sociedade da Urzelina.  

E chegando o dia de Carnaval, apresentou-se na Casa de Repouso João Inácio de Sousa, o Bailinho de Carnaval do Município das Velas, um bailinho com uma sátira aos recentes acontecimentos da ilha. Ainda no dia de Carnaval à  noite, o Auditório Municipal conta com a atuação dos cinco grupos.

Questionados sobre as dificuldades na organização de um Bailinho de Carnaval nos tempos que decorrem, os representantes dos grupos concordaram que o principal desafio era a adesão das pessoas ao espetáculo, além da dificuldade de se conseguirem todos reunir por uma questão de horários de trabalho diferentes, e ainda, mencionou-se a questão do dinheiro. No entanto, todos afirmaram ter acabado por correr tudo bem.

Responsáveis dos Bailinhos de Carnaval