Secretário da Agricultura visita a ilha de São Jorge

O Secretário da agricultura esteve na passada quinta-feira na ilha de São Jorge. Aquando da sua visita à União de Cooperativas, António Ventura destaca a qualidade do queijo de São Jorge, bem como o Acordo Internacional com o Japão, sendo um dos produtos a conseguir este feito.

“O queijo de São Jorge é dos únicos produtos que consegue entrar nos Acordos Internacionais da União Europeia com o Japão e portanto leva o nome de um agro alimento importante dos Açores além-fronteiras e portanto, isto é fundamental.”

O Secretário sublinhou ainda que as candidaturas aos apoios agrícolas estão abertas até 14 de maio a novas áreas e a novos produtores.

“Estão a decorrer as candidaturas no âmbito do “PRORURAL+” e do “POSEI”. Iniciaram-se a 27 de fevereiro e terminam a 14 de maio, mas há novidades: primeiro, relativamente a algumas medidas que foram fechadas, nós reabrimos para novos produtores. Falo por exemplo, das medidas de apoio aos agricultores em zonas desfavorecidas, em que nós repousemos os prémios que tinham descido em 2018 e vamos agora assegurar o pagamento dessa medida sem cortes aos produtores agrícolas. Este ano, aumentamos os prémios, a cobertura para novas áreas, novos produtores, de maneira a que os produtores tenham um rendimento direto.” Explica o Governante.

As candidaturas ao programa POSEI também estão abertas e António Ventura frisa que os produtores que realizarem a sua candidatura este ano, “não vão ter rateios ou seja, não vai haver cortes porque nós colocamos, depois de um grande esforço, uma verba no valor de 13 milhões de euros para evitar esses rateios e portanto, são boas novidades.” Explica o Secretário da Agricultura.

O mesmo explica ainda que os jovens agricultores também não serão esquecidos, havendo apoios poderem modernizar as suas explorações.

“Nós vamos abrir as candidaturas ao investimento nas explorações agrícolas para jovens agricultores e para a modernização das explorações existentes. Também vamos abrir medidas no âmbito da agro-indústria onde a Uniqueijo se pode candidatar para modernizar a sua unidade fabril.”

Durante o ano de 2020, devido à pandemia, assistiu-se a uma quebra de vendas. Para além disso, António Ventura afirma que o preço dos cereais está aumentar e consequentemente, o preço dos alimentos aos animais subiu. Desta forma, o secretário diz ser importante o esforço do Governo Regional e da União Europeia a fim de se atenuar a quebra de rendimentos dos produtores agrícolas.

“Resulta num apoio direto aos agricultores num esforço Regional e também comunitário. 2021/2022 são anos de transição entre quadros comunitários de apoio e portanto, nesses dois anos de transição, nos queremos assegurar o melhor possível aos agricultores, percebendo, quer as consequências da pandemia que ainda decorrem, quer também do aumento dos custos de alimentação animal.” Declarou António Ventura.

Declarações do Secretário da Agricultura, que falava com a Rádio Lumena após a reunião com a Associação de Jovens Agricultores da ilha de São Jorge.

Imagem: TecnoAlimentar

Laura Cabral/RLAçores

Deixe uma resposta