Câmara do Comércio da Ilha de S.Jorge quer conhecer estudos prévios para o Porto da Calheta – empresários exigem “marina digna e condições adequadas para operação de navios”

A Câmara do Comércio da Ilha de São Jorge e os empresários e forças vivas do concelho da Calheta exigiram, recentemente, que lhes sejam apresentados os estudos prévios para o porto da Calheta, no que diz respeito a futuros investimentos, querendo ainda uma Marina digna.

Estas conclusões foram apresentadas no final de uma reunião entre a Câmara do Comércio da Ilha de São Jorge e os empresários e forças vivas da Calheta que reuniram de forma a debater o futuro do porto da Calheta, dada, aquela que consideram ser, a importância crucial e prioritária que esta infraestrutura representa no Concelho e o ponto de situação dos planos de investimento neste porto.

Assim, e, segundo os empresários, tendo em conta as promessas eleitorais, de investir no Porto da Calheta, na demolição da baixa e na Marina; tendo em conta que já nos encontramos no final do ano 2021, face ao tempo necessário para desencadear os procedimentos de contratação, de projetos e empreitada, os presentes na reunião declaram concordar unanimemente que pretendem que lhes sejam apresentados os estudos prévios para o Porto de Calheta, com uma Marina digna desse nome, que não pode repetir os erros cometidos no passado, pode ler-se na nota enviada às redações.

De acordo com a Câmara do Comércio da Ilha de São Jorge, estes estudos devem garantir condições adequadas de operação de Navios de Cabotagem local, Ferrys da Atlanticoline e Atuneiros.

Devem também garantir a operação e logística adequada das marítimo turísticas e das embarcações de pescas.

Deverá, ainda, segundo os empresários ser garantida a proteção da orla costeira, mas também incluir a requalificação urbanística da zona envolvente;

Neste sentido e, segundo a nota enviada, os empresários calhetenses consideram essencial que os projetos de execução avancem com a maior urgência possível.

Os presentes solicitaram ainda uma reunião de apresentação destes estudos prévios.

CCISJ/RL Açores