Navio de transporte de combustível retido na Horta pela Capitania do Porto

Segundo notícia divulgada pela rádio pública, o navio de transporte de combustíveis da Transinsular está retido no porto da Horta por ordem da Capitania.

Em causa, estão algumas “inconformidades” na operacionalidade do “Chem Daisy”, que está parado, com combustível a bordo que devia ter seguido para São Jorge.

A Antena Pública adianta ainda que segundo a Capitania do Porto, o navio foi impedido de navegar por não cumprir as exigências para as quais tinha sido certificado.

Em causa está também uma avaria no sistema propulsor, que dificulta as manobras de atracagem.

O navio tem combustível a bordo que devia ter seguido entretanto para a ilha de São Jorge.

A Rádio Pública tentou chegar à fala com a Transinsular, mas não foi possível.

A empresa terá agora que proceder a reparações no navio, para que o “Chem Daisy” possa retomar a operação de abastecimento de combustíveis, pelo menos a tempo de evitar alguma rutura nos stocks.

O “Chem Daisy” foi construído em 2010, tem 85 metros de cumprimento e capacidade para transportar 3 mil toneladas de combustível.

Antena 1 Açores/RL Açores

Imagem: ©DR

Deixe uma resposta