António Pedroso questiona Governo sobre ausência de Multibanco do aeroporto de S.Jorge

O deputado do PSD/Açores eleito por São Jorge, António Pedroso, questionou, esta quinta-feira, o Governo Regional para saber se “a tutela tem conhecimento da retirada da máquina Multibanco do Aeródromo de São Jorge”, uma vez que “a máquina multibanco que existiu durante anos no aeródromo de São Jorge foi retirada de lá pela entidade bancária sua proprietária”.

Sendo que atualmente o serviço multibanco, “faz parte do dia-a-dia das pessoas, bem como a utilização de cartões de débito e crédito. E que se aproxima o verão, pelo que numa região que diz apostar no turismo de qualidade, há-que oferecer condições mínimas a quem nos visita”, o social-democrata quer saber “que contatos e esforços foram feitos, e que condições foram criadas, para tornar apetecível a qualquer entidade bancaria a recolocação de um equipamento multibanco naquela infraestrutura”.

António Pedroso lembra que se têm verificado “situações caricatas, que em nada abonam o bom nome da ilha de São Jorge, nomeadamente o facto de turistas não terem forma de levantar dinheiro para pagarem o táxi. Ou pior, quando o Multibanco da SATA teve uma avaria, os passageiros não tinham forma de pagar as suas passagens”.

O deputado questiona mesmo se o Governo não considerou criar condições físicas no edifício do aeródromo de São Jorge, para que o equipamento possa ser colocado de forma a ter acesso no exterior do mesmo”.

“Se a máquina Multibanco fosse colocada com acesso a partir do exterior da aerogare, isso permitiria um acesso 24horas por dia a utentes e residentes nos arredores do aeródromo. Sendo que é necessário pagar uma taxa de ocupação à SATA”, sugere António Pedroso.

O deputado lembra ainda que São Jorge “faz parte das ilhas de coesão e, por conseguinte, as taxas deveriam ser minimizadas e até suprimidas quando necessário para o bom desenvolvimento económico da ilha”, conclui.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta