Curso de cuidados paliativos pediátricos é “mais um passo” na consolidação da Rede Regional de Cuidados Paliativos, afirma Luís Cabral

O Secretário Regional da Saúde afirmou, em Ponta Delgada, que o curso de cuidados paliativos pediátricos que hoje encerrou é mais uma ação para a consolidação da Rede Regional de Cuidados Paliativos, salientando que a iniciativa visou preparar mais profissionais para lidar com os utentes com necessidade de apoio nessa área.

Luís Cabral, que falava no encerramento do Curso Básico de Cuidados Paliativos Pediátricos, ministrado no Hospital do Divino Espírito Santo, destacou a parceria com a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos para a execução deste curso, ao disponibilizar alguns formadores para se deslocarem aos Açores, mas também através do sistema de tele-ensino.

“Isto é prova de que não precisamos de viver nos grandes centros para conseguir ter o mesmo nível de informação ou formação que os meios académicos proporcionam”, frisou o Secretário Regional.

Luís Cabral salientou que este curso se insere num conjunto de ações e formações que o Serviço Regional de Saúde tem vindo a desenvolver no sentido de estabelecer uma rede concreta de cuidados paliativos na Região Autónoma dos Açores.

“Infelizmente, no início deste mandato estávamos muito atrasados nesta área, uma vez que os cuidados paliativos não se estendiam a todos os utentes da Região. Contudo, ao longo dos últimos três anos, temos vindo a insistir, de uma forma dinâmica e persistente, com as várias unidades de saúde na criação de equipas específicas, quer na componente de internamento como na de apoio domiciliário”, acrescentou.

O Secretário Regional disse ainda que esta formação em cuidados paliativos que os Açores têm desenvolvido ao longo dos últimos anos vão permitir ainda aos profissionais de saúde estarem mais preparados para apoiar os futuros utentes oncológicos que carecem de apoio na área da radioterapia.

“Com a abertura da Clínica de Radioncologia dos Açores os utentes passam a dispor de tratamentos nesta área mais perto das suas famílias, assim como do devido acompanhamento dos profissionais de saúde em termos de cuidados paliativos”, afirmou.

Luís Cabral adiantou ainda que o Serviço Regional de Saúde contará em breve com a primeira unidade de internamento de cuidados paliativos, localizada no Hospital do Divino Espírito Santo, adiantando que a abertura está “para breve”.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta