Entrada na Região da British Airways vai promover “desenvolvimento harmonioso” dos Açores, defende Artur Lima

O Vice-Presidente do Governo Regional dos Açores, Artur Lima, valorizou hoje a entrada na Região da British Airways no verão de 2022, defendendo que tal irá promover o “desenvolvimento harmonioso” do arquipélago.

“Este é o primeiro passo de uma longa colaboração em que se quer aliar a experiência da ANA, da ATA, com a mais-valia da Aerogare Civil das Lajes”, destacou o governante.

Artur Lima falava em Ponta Delgada, em conferência de imprensa, num dia em que foi anunciado que a British Airways, do Reino Unido, vai ligar Londres às ilhas de São Miguel e Terceira, no verão de 2022, disponibilizando mais de 3.000 lugares.

A parceria, defendeu o Vice-Presidente, será “muito frutuosa” e segue o desígnio do Programa do Governo, de haver um “desenvolvimento integrado dos Açores” e de “todas as suas parcelas”, nomeadamente por via dos fluxos turísticos.

Já o Secretário regional dos Transportes, Turismo e Energia dos Açores, Mário Mota Borges, também presente na conferência de imprensa, admitiu que o Reino Unido não tem sido um dos mercados liderantes nos Açores, o que pode agora ser contrariado.

“Estamos com uma expectativa bastante elevada relativamente àquilo que são os fluxos que podem ser captados e gerados no futuro. A mesma expectativa relativamente àquilo que tem sido a posição de procura por parte do mercado inglês relativamente aos Açores”, vincou.

GRA/RL Açores

Deixe uma resposta