Duarte Freitas defende menos burocracia para os emigrantes que queiram investir nos Açores

O presidente do PSD/Açores defendeu “menos burocracia nos processos ligados aos emigrantes que querem investir no Arquipélago. Quem vem da diáspora para investir nos Açores é quase torturado por burocracia”, afirmou.

Duarte Freitas falava após uma reunião, em Ponta Delgada, com a Direção da Associação dos Emigrantes dos Açores, onde frisou que esse é “um dos dramas maiores para quem quer regressar e para quem quer investir nos Açores. São pessoas que estão habituadas a outro tipo de estruturas em termos políticos, sociais e económicos, onde a burocracia não é um entrave com esta dimensão”, explicou.

O líder social democrata mostrou-se convicto “da valia que é haver muitos emigrantes que podem regressar à Região, face ao impacto muito grande que se proporcionará se houver uma aproximação mais estreita à Diáspora”.

Duarte Freitas falou ainda das referências feitas aos transportes aéreos, nomeadamente “perante um serviço prestado pela SATA Internacional que não é o que melhor serve os nossos emigrantes”.

O líder social democrata destacou ainda “a base de dados que a AEA está a desenvolver na Diáspora, e que junta pessoas que estão ligadas ao mundo empresarial, à política, à cultura e à atividade social, que poderá ter um impacto bastante importante não só no seu relacionamento com os Açores, mas também entre a própria comunidade emigrante”, concluiu.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta