Duarte Freitas garante mais apoio aos doentes deslocados

O presidente do PSD/Açores, Duarte Freitas, garantiu hoje que vai aumentar os apoios aos doentes deslocados, que foram “prejudicados” pelos cortes impostos pelo governo regional socialista nesta área.

“Os doentes deslocados foram prejudicados por esta medida do governo regional. Pretendo aumentar os apoios aos doentes deslocados e aos seus acompanhantes e eliminar a limitação do apoio aos transportes terrestres [usados pelos doentes]”, afirmou Duarte Freitas, em declarações aos jornalistas, após uma visita ao centro de saúde da ilha das Flores.

O líder dos social-democratas açorianos salientou que o governo regional socialista “deu com uma mão e retirou com a outra” quando alterou o regime de apoio aos doentes deslocados, dado que fez um corte nas verbas atribuídas aos acompanhantes dos doentes.

“Em 80 por cento dos casos, a soma dos apoios ao doente deslocado e ao acompanhante é menor do que era antes da alteração que o governo regional fez”, sublinhou.

Além do aumento dos apoios aos doentes deslocados e seus acompanhantes, Duarte Freitas assegurou também que o seu governo vai “eliminar” o limite de 10 euros de apoio à utilização de transportes terrestres pelos doentes deslocados.

“Neste momento há uma limitação de 10 euros no apoio. Isto faz com que muitos doentes deslocados, que já se encontram em situação de fragilidade, tenham de pagar do seu bolso o transporte terrestre fora da sua terra”, explicou.

O candidato do PSD/Açores a presidente do governo comprometeu-se ainda a criar “mais apoios sociais e humanos no terreno para os doentes que saem das ilhas mais pequenas e para todos os que têm de sair da Região” para tratar de problemas de saúde.

“Vamos oferecer outra dignidade aos doentes deslocados, para que possam ter apoios financeiros compatíveis e apoios humanos que os ajudem nesses momentos difíceis das suas vidas”, garantiu Duarte Freitas.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta