Governo dos Açores investiu mais 580 mil euros em equipamentos para serviços florestais em 2023

A Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, por via da Direção Regional dos Recursos Florestais, investiu, em 2023, mais de 580 mil euros em equipamentos aos serviços florestais de diversas ilhas da Região, com vista à manutenção e preservação dos caminhos agrícolas e rurais por parte daqueles serviços.

Segundo António Ventura, tendo em conta a aposta da Secretaria Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, através do Plano Regional Anual para 2023, na beneficiação e melhoramento de caminhos agrícolas, “estas aquisições justificam-se pela vasta rede viária das ilhas, que requerem uma constante manutenção”.

Estes equipamentos foram financiados quer pelo Orçamento Regional, quer através do PRORURAL+ ou mesmo através das candidaturas ao projeto INTERREG ou Life IP CLIMAZ e visam a melhoria ou a criação de condições dos serviços florestais de ilha para a manutenção e preservação dos caminhos agrícolas e rurais.

No que respeita aos investimentos, na sua maioria representam viaturas e máquinas como tratores e escavadoras, para as ilhas do Faial, Santa Maria, São Miguel, Pico, Terceira e Graciosa, equipamentos que, de acordo com o governante, “representam uma mais-valia quando aplicadas em domínios como Reservas Florestais de Recreio e baldios”.

São investimentos desta natureza que promovem a melhoria das condições de trabalho dos agricultores e conseguem aumentar a rentabilidade das explorações, assim como demonstram a capacidade dos nossos serviços para contribuir para melhorar as acessibilidades, pois estes caminhos têm também o potencial de produzir efeitos positivos no turismo, uma vez que proporcionam acessibilidades a turistas e a configuração de novos trilhos e atrativos, tão importantes para a descentralização dos fluxos turísticos”, referiu.

Com estas medidas, o Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, prova que vem cumprindo com os compromissos assumidos, quer no Plano de Investimentos para este ano, como ao Programa do XIII Governo Regional, através do investimento público na manutenção e gestão dos caminhos de acesso às explorações”, frisou António Ventura.

GRA/RL