Obra na Casa de Repouso João Inácio de Sousa aumenta “capacidade de resposta” da instituição, afirma Artur Lima

O Vice-Presidente do Governo Regional dos Açores, Artur Lima, frisou, na passada segunda-feira, que a obra de ampliação e requalificação da Casa de Repouso João Inácio de Sousa, um investimento de mais de 600 mil euros, permitirá “aumentar a capacidade de resposta” da instituição, sobretudo no serviço de apoio ao domicílio.

Artur Lima falava nas Velas, por ocasião do lançamento da primeira pedra desta obra na Casa Repouso João Inácio de Sousa que visa a requalificação da zona da cozinha e da rede de água e eletricidade.

“Esta obra melhorará o serviço prestado aos utentes, assim como favorecerá as condições de trabalho dos próprios colaboradores”, referiu.

Para o Vice-Presidente do Governo, “o poder público, em parceria com as IPSS e Misericórdias, deve ter a preocupação máxima de tornar mais eficiente a intervenção social, quer seja através da adequação dos serviços prestados, quer seja através da melhoria das infraestruturas existentes”.

Artur Lima salientou que investimentos destes são “estruturantes” para a comunidade local, “mais ainda quando nos deparamos com a necessidade de responder ao despovoamento populacional que é mais evidente nas ilhas mais pequenas, como é o caso de São Jorge”.

Focando nos resultados preliminares dos censos 2021, que indicam que a população da ilha de São Jorge passou de 9.171 pessoas para 8.381 em 10 anos, Artur Lima reiterou a urgência em “reverter esta tendência”, robustecendo as “respostas públicas destinadas ao envelhecimento e adotando medidas de caráter natalista.”

GRA/RL Açores

Deixe uma resposta