Vasco Cordeiro convoca Concertação Estratégica para analisar Plano e Orçamento com parceiros sociais

O Presidente do Governo convocou para quarta-feira, em Ponta Delgada, uma reunião do Conselho Regional de Concertação Estratégica destinada, nos termos do calendário legalmente fixado, à apresentação e análise das propostas de Plano e Orçamento para o próximo ano a submeter à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

A reunião deste órgão de consulta e concertação nos domínios das políticas económica, social e ambiental, que integra representantes dos parceiros sociais da Região, vai decorrer na sequência do Conselho do Governo, que se reúne terça-feira, para aprovar as antepropostas dos documentos de planeamento orçamental e de investimentos públicos a realizar em 2016, o último ano da atual legislatura.

Vasco Cordeiro procedeu, a 11 de setembro, à audição dos parceiros sociais e dos partidos políticos com vista à elaboração das propostas, tendo recebido a CGTP/Açores, a UGT/Açores, a Federação das Pescas dos Açores, a Federação Agrícola dos Açores e a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, assim como os representantes do PCP, BE, CDS/PP, PSD e PS, tendo o PPM recusado estar presente.

Após esta ronda de audições, que decorreu em Ponta Delgada, o Presidente do Governo afirmou que o rumo e a estratégia desenvolvida nos últimos três anos produziram resultados em benefício das famílias e das empresas dos Açores, os quais animam o Executivo Regional para enfrentar os desafios que se colocam neste último ano da legislatura.

O Conselho Regional de Concertação Estratégica integra representantes dos trabalhadores, dos empregadores, dos setores das pescas e da agricultura, das autarquias locais, das instituições particulares de solidariedade social, das associações de defesa do consumidor, de defesa do ambiente, da área da igualdade de oportunidades para mulheres e homens, da Universidade dos Açores, além dos representantes dos Açores no Conselho Económico e Social e três personalidades de reconhecido mérito nas áreas de competência do Conselho.

O Governo vai entregar, no início de novembro, as suas propostas de Plano e Orçamento à Assembleia Legislativa, com vista ao seu debate e votação em plenário.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta