Avelino Meneses afirma que Açores registam nas provas finais do 9.º ano de escolaridade “uma pequena grande vitória”

O Secretário Regional da Educação e Cultura considerou esta quinta-feira que, apesar dos resultados das provas finais do 9.º ano relativos aos Açores não serem os desejados, se registou mais “uma pequena grande vitória”.

“À semelhança do ocorrido com o 1.º e 2.º ciclos, no 3.º ciclo os Açores também registam uma pequena grande vitória. Desde a nossa adesão aos exames nacionais, em 2012, nunca tínhamos alcançado uma média positiva. Aconteceu desta vez, com 53% em Português”, afirmou Avelino Meneses.

O Secretário Regional, que se encontra em Lisboa a participar no ‘Encontro EPIS 2015 – A construir o futuro’, salientou que os resultados escolares preliminares facultados pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) suscitam dois outros comentários.

Nesse sentido, considerou que, na disciplina de Matemática, os resultados dos Açores “seguem a tendência nacional traduzida numa ligeira descida“, frisando que esses resultados “não são, naturalmente, os desejados”.

É por isso que, adiantou Avelino Meneses, “a partir do próximo ano letivo, vamos implementar o ProSucesso, que é um programa de promoção do sucesso escolar”.

Ao longo do dia de hoje serão afixados nas escolas os resultados obtidos pelos alunos do 9.º ano nas provas finais de Português e de Matemática, que valem, para os alunos internos, 30% da classificação final na disciplina.

Em Português, nos Açores, realizaram a prova final na 1.ª fase 2.301 alunos, situando-se a média obtida nos 52,6%, acima dos 48,08% atingidos em 2014, sendo a melhor desde 2012, ano em que a Região Autónoma dos Açores começou a aplicar estas provas.

Na Matemática, realizaram a prova final na 1.ª fase 2.307 alunos, tendo-se obtido uma média de 37,3%, o que representa uma descida face a 2014, ano em que se situou nos 41,48%, acompanhando a Região, ao que tudo indica, a descida que também ocorreu este ano na média nacional desta disciplina.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta