Governo socialista ataca Estado Social nos Açores, considera PSD

 

O presidente do PSD/Açores defendeu esta segunda-feira que “o estado social na região está a ser colocado em causa pelo governo regional socialista como se pode verificar pelas desastrosas políticas que estão a ser seguidas no sector da Saúde”.

Duarte Freitas falava em Santa Cruz da Graciosa durante uma sessão dos “Roteiros da Mudança”, que se realiza esta semana na ilha Graciosa.

“Ninguém coloca tanto em causa o estado social no nosso país como o governo socialista aqui com os cortes que tem estado a fazer na saúde”, disse o líder do PSD/Açores considerando que esse “é o maior retrocesso da história no âmbito dos cuidados de saúde”.

De acordo com Duarte Freitas, o que se está a passar na Saúde “é um exemplo da forma como a coesão regional e social no arquipélago tem vindo a ser destruída pelo governo regional socialista”.

“A via açoriana prometida pelos dirigentes socialistas”, acrescentou Duarte Freitas “aparenta ter sido feita a pensar em cortar, cortar, cortar e não em melhorar ou, pelo menos, manter o que de bom estava a ser feito”. “Hoje os açorianos têm piores cuidados de Saúde”, argumentou.

O presidente do PSD/Açores recordou que “não é só na Saúde que este governo regional tem vindo a falhar em toda a linha”. “A política de transportes marítimos é também um desastre”, disse assegurando que “com um governo do PSD/Açores liderado por mim, se houver um incidente num porto haverá alguém para explicar e assumir responsabilidades”.

O presidente dos sociais-democratas açorianos lamentou ainda o recente aumento dos combustíveis feito pelo governo socialista “à socapa dos açorianos”.

Segundo Duarte Freitas, a Região precisa de uma “governação transparente”, assente numa “cultura de ambição e responsabilidade.

“Quem olhar para os discursos dos governantes açorianos de agora e de há dez anos verifica que são quase iguais. Os discursos e os governantes. Ontem como hoje falavam em saúde, em mais e melhores transportes e até em aproveitar o potencial do mar e da agricultura. É preciso mudar de políticas para devolver a esperança aos açorianos”, afirmou concluiu.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta