“O PS continua empenhado em facilitar utilização civil da Base das Lajes”, realçou Cláudia Cardoso

O Grupo Parlamentar do PS manifestou, esta terça-feira, o seu empenho em colaborar e agir como facilitador da utilização civil da Base das Lajes, sem prejuízo da sua vocação naturalmente militar.

A posição foi defendida por Cláudia Cardoso, que falava no plenário da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, que decorre esta semana, na cidade da Horta.

A deputada socialista frisou que o Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira, lançado pelo Governo dos Açores, prevê “medidas de alteração do estatuto da Base das Lajes e do reforço da sua atractabilidade para a aviação civil, de forma a facilitar a sua utilização também pelos operadores aéreos privados”.

A parlamentar do PS/Açores frisou que “75% do tráfego aéreo que passa pela Base das Lajes já é de natureza civil e não de natureza militar”, frisando que toda a utilização da Base Aérea nº 4 por aeronaves civis tem ocorrido ao longo dos anos “com sucesso, sempre na base da boa fé e do entendimento que existe entre os responsáveis pela aerogare e militares”.

Assim, Cláudia Cardoso entende que “seria útil formalizar um acordo para criar os ditames a que obedece este tipo de relacionamento e de operação, à semelhança do que já acontece com a Base Aérea de Beja”, lembrando que o “anterior Governo da República nomeou um grupo de trabalho em que se previa a possibilidade de dirimir as questões que dificultavam este tipo de relacionamento, do qual não tivemos qualquer tipo de conclusão”.

“Os Terceirenses e os Açorianos sabem que podem contar com o PS para trabalhar e para facilitar processos que melhorem a nossa vida coletiva. Tem sido assim ao longo dos últimos anos e continuará a sê-lo no futuro”, garantiu a deputada socialista, Cláudia Cardoso.

GI PS Açores/RL Açores

Deixe uma resposta