Félix Rodrigues agradece aplausos de César, mas diz que está mesmo a “precisar é de votos”

O cabeça de lista da coligação CDS-PP/PPM “Aliança Açores, Félix Rodrigues, agradeceu, este Domingo, os aplausos que Carlos César pediu aos Açorianos para a candidatura do CDS às eleições do próximo dia 4 de Outubro, mas, frisou, “que não precisamos de aplausos, precisamos é de votos”.

Em declarações aos jornalistas, no final de uma visita à Feira do Gado da ilha Terceira, em Angra do Heroísmo, Félix Rodrigues reagiu assim aos elogios que o seu adversário socialista lhe endereçou num comício na ilha do Pico, mas retorquiu: “Nós recebemos de um comício de Carlos César uma salva de palmas; mas não andamos a fazer campanha para receber palmas; fazemos campanha para receber votos”.

“O que queremos são votos, por isso apresentamos as nossas propostas aos eleitores açorianos. As nossas propostas são muito boas e o próprio PS reconhece isto. Porém, o que nós queremos é que os socialistas, que reconhecem que as nossas propostas são boas, votem em nós, à semelhança de Carlos César que, já percebemos, se não fosse cabeça de lista votaria na ‘Aliança Açores’”, afirmou o cabeça de lista da coligação CDS/PPM.

Félix Rodrigues disse que “não devolve elogios” porque “a Democracia não tem nada que ver com elogios, tem antes que ver com propostas concretas”, mas salientou concordar “com Carlos César quando ele reconhece que as nossas propostas são as melhores”.

Por outro lado, acrescentou, “não concordo com Berta Cabral quando ela diz que votar PSD nos Açores é votar em Passos Coelho, porque Passos Coelho concorre pelo círculo de Lisboa. Nos Açores, quem votar PS vota em Carlos César; quem votar PSD está a votar em Berta Cabral e quem votar CDS/PPM está a votar em Félix Rodrigues. A Democracia faz-se com ideias e as nossas ideias têm sido tão boas que até os outros partidos têm pegado nelas e tem falado delas. É isto que nos interessa para ver se resolvemos alguns dos principais problemas dos Açores”.

Defender a agricultura pela promoção nacional

Relativamente à agricultura, que o cabeça de lista da “Aliança Açores diz ser “extremamente importante para os Açores”, as propostas de Félix Rodrigues passam pelo “diálogo institucional, em vez da guerrilha partidária”, porque “só com diálogo conseguimos resolver os problemas concretos dos Açores e dos Açorianos”.

“Vejamos o caso do setor agricultura, que passa por imensas dificuldades, porque as explorações têm falta de liquidez. Não vale a pena depois da falência virmos injectar dinheiro em empresas falidas.

Tem que se resolver o problema da falta de liquidez, neste momento, e na República têm sido dados passos importantes com a abolição do pagamento por conta e dos descontos para a segurança social, com novos apoios comunitários ou com linhas de crédito”, reconhecendo que o Governo Regional tem se resumido “a reclamar”.

“Temos que olhar para a promoção do leite no todo nacional, pois todos sabemos que o leite produzido nos Açores é do melhor que se produz no Mundo. O nosso leite tem valor comercial e, por isso, temos que o valorizar e promover e essa promoção tem que ser nacional. Como se vê as nossas propostas são concretas, por isso, não queremos salvas de palmas, andamos mesmo é à procura de votos para defender estas propostas concretas, a favor dos Açores, na Assembleia da República”, insistiu.

A finalizar Félix Rodrigues afirmou estar “muito confiante” num resultado positivo no próximo domingo, dia 4 de Outubro, alegando que “a sensação que tenho é de grande apoio das pessoas, só que, infelizmente, não posso chegar à fala com todo os Açorianos, porque se o conseguisse não tenho dúvidas que teria maioria absoluta”.

A campanha da coligação CDS/PPM “Aliança Açores” seguiu depois para as freguesias da ilha Terceira e, amanhã, segunda-feira, estará na ilha de Santa Maria. A candidatura liderada por Félix Rodrigues acabará a campanha eleitoral, no resto da semana, na ilha de São Miguel, onde, entre outras, fará arruadas, reunirá com o Reitor da Universidade dos Açores e visitará empresas.

GI “Aliança Açores”/RL Açores

Deixe uma resposta